Pó Dourado

 Passeios e Pontos Turísticos   Paris

Paris de última hora. Melhores dicas para uma segunda visita

Salut!
Consegui uma super passagem e vou passar uma semaninha agora em Paris, sozinha. Já estive na cidade há mais de 10 anos e visitei a maioria das obrigações de turistas e, agora, busco lugares diferentes/achados/curiosidades.

Eu gosto de arte/cultura/museus (pretendo ver a exposição do Magritte no Pompidou), uns bons vinhos e comidinhas em geral. Não curto restaurantes/lojas caras e ficarei hospedada no Marais. Como já viajo daqui 3 dias, não tenho muito tempo para planos maiores e queria dicas pontuais de quem conhece a cidade.

Será que vocês poderiam me ajudar? Minhas principais dúvidas são:

- vou chegar dia 25 de dezembro. Encontrarei muitos lugares fechados?
- Tem alguma feirinha de natal bacana nesta época?
- Pensei em fazer um bate-e-volta para Auvers-sur-Oise para conferir os passos do Van Gogh. Alguém esteve/recomenda?
- Exposições, espaços culturais, cafés legais e afins são sempre ótimas dicas.

Obrigada =)

Meu perfil de viagem: Mochileiro, Caçador de Artes e Design, Gastronômico, Historiador, Fotógrafo

Responda a dúvida de Pó

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

3 Respostas

Aldo Cruz

MELHOR RESPOSTA

Aldo Cruz São Paulo

respondeu 2 anos atrás

Salut Pó,

Das suas dúvidas específicas, só posso dizer que vale muito a pena ir para Auvers-sur-Oise. Fui em setembro e gostei muito de visitar o museu Van Gogh, e de passear pela cidade, conhecendo muitos dos prédios e paisagens que o artista pintou durante os 70 dias que viveu lá. É muito fácil de chegar: na Gare du Nord, em Paris, pegue o Trem H direção Pontoise. Em Pontoise, troque para o Trem H direção Persan Beaumont. Desça na estação Auvers-Sur-Oise, localizada a 200 metros da casa de Van Gogh .  

Conheço muito bem Paris, porém não sei qual o tipo de turismo que vc gosta de fazer, mas de qualquer forma seguem algumas dicas e espero que você possa aproveitar algumas das minhas sugestões, que fogem um pouco do lugar comum.

Detalhe: nunca fui pra Paris durante o inverno, então não sei como “funciona” a cidade no frio (que eu odeio rssss)

Recomendo o Musée L’Orangerie e  Musée Marmottan Monet, ambos com muitas obras de Monet e outros impressionistas.  Claro que o D’Orsay também é quase obrigatório, pra quem não o conhece.

Café A - Este café tem um jardins muito gostoso (no verão....) O menu é composto de saladas, brusquetas, sopas frias e poucos pratos do dia. 148 rue du Faubourg Saint-Martin. 10eme. metro Chateau-Landon, linha 7.

Quanto a “comidinhas” recomendo muito o restaurante “Chez Paul”, 13 rue de Charonne (na Bastille, metrô linha 8 estação Ledru- Rollin)  onde se faz o melhor steak au poivre de Paris, e o  “Le Bistrot du Peintre”, na mesma região, no 116, Avenue Ledru-Rollin. Aliás o 11eme, Bastille, é uma região muito legal, com muitos restaurantes e vida noturna fora do burburinho turístico, frequentado basicamente por locais.   

Parque Buttes Chaumont –É um parque pouco frequentado pelos turistas, e tem uma topografia de montanha. Muito legal pra quem gosta de curtir natureza. Metro Buttes Chaumont

Ver o por do sol no Parque Belleville, Metro Belleville, linhas 2 e 11, com uma vista linda, inusitada e pouco conhecida de Paris. Na frente do parque tem um autêntico “boteco” parisiense, frequentado por locais, chamado La Mer a Boire. Antes de visitar o parque, ao descer do metrô, ande uma quadra, vire à direita na rua Dénoyez, que é uma rua cheia de galerias, artistas de rua, grafites e filmmakers em ação.

Andar pela Promenade Plantée também conhecido como  La Coulée Verte  é um passeio muito bacana.  É um jardim suspenso com 4,7 quilômetros de extensão que atravessa praticamente todo o 12° arrondissement. A grande particularidade desse jardim é que ele é totalmente montado sobre o trecho de uma antiga estrada de ferro desativada em 1969. O início é na Bastille (metro Bastille), numa escada que fica na ponta de uma construção em arcos, (Viaduc des Arcs) , na rue de Lyon.

O 13o. arrondissement tem várias ruelas, passagens, vilas e casinhas que nos fazem voltar no tempo. Nem dá pra acreditar que se está em Paris por conta da paz e silêncio, dando ao local aquele ar de cidade do interior. Sugestão de roteiro (metrô Corvisart – linha 6): Rue de la Butte aux Cailles, Rue Cinque Diamants, Passage Barrault, Passage Boiton, Rue de l’Esperance, Rue Dieulafoy, Rue du Moulin de Prés, Rue du Dr Leray, Square des Peupliers, La Cité Florale – Rue des Glycines, Rue des Orchidées, Rue des Lizeron.

A região mais “badalada” de Paris atualmente é o Canal Saint-Martin. Foi ao redor dele que os parisienses criaram um jeito especial de viver, de respirar Paris. Muitos restaurantes, bares, lojas, hotel boutique e até uma pizzaria que entrega pizza à beira do canal. E na Rue Oberkampf, perto dali, também tem muito movimento de dia e de noite, além de muita street art. Não faltam bares e restaurantes. Para chegar lá: metrôs Oberkampf (linha 5) e Jacques Bonsergent (linhas 5 e 9). Pode-se também fazer um passeio de barco pelo Canal, a partir do Port D’Arsenal, na Bastille.

Ao invés de cruzeiro no Sena, vá aos Peniches na margem esquerda do rio – bem em frente à biblioteca Mitterrand, passando a ponte D’Austerlitz, e afastado do burburinho do centro, há  vários peniches (barcos que funcionam como bares) que ficam lotados. A maioria deles tem música e alguns tem até DJ. Um clima perfeito para apreciar o Sena e a Passerelle Simone de Beauvoir. Basicamente frequentado por locais.

Visite a Passagem Brady -  2ème Metro Chateau D’eau, linha 4.É a Índia no coração de Paris. Entradas pelo  46 do Faubourg Saint- Deni ou pelo 33 do Boulevard Strassbourg. Metrô Strassbourg Saint-Denis, linhas 4, 8 e 9

Visite a Rue des Barres, uma rua minúscula, muito simpática, que liga a rue de l’hôtel de ville à rue François Miron. Metrô Pont Marie, linha 7

Visite também a rue Crèmieux, com suas casinhas pintadas, lembrando até o centro velho do Recife. Essa rua é uma travessinha da rue de Lyon, perto da Gare de Lyon.

Dápra fazer um tour pegando um ônibus comum. O ônibus 63 passa por alguns dos bairros mais bonitos da cidade:  16˚,  8˚, 6˚ e  5˚ arrondissements. Ao sair da Porte de la Muette, ele pega duas lindas avenidas residenciais, a Henri Martins e a George Mandel. Nessas duas avenidas não há nenhum comércio, apenas prédios com a bela arquitetura dos séculos passados. Em seguida, passa pelo Trocadéro, de onde temos uma vista da Tour Eiffel. Desce a avenue du Président Wilson passando na porta do Musée du Palais de Tokyo e chega na Praça Alma Marceau, perto de onde a princesa Diana morreu no acidente de carro. O ônibus atravessa o Sena, passa em frente à linda cúpula dos Invalides, passa diante da Assembléia Nacional e entra no famoso Boulevard Saint Germain. Passa diante da Brasserie Lipp, dos lendários cafés Flore e Deux Magots e da escultura de Danton no Odéon. Ele atravessa o boulevard Saint Michel para outra vez cruzar o Sena e chegar no seu ponto final que é a estação ferroviária Gare de Lyon, uma estação linda. 

Como você ficará no Marais, não deixe de comer um fallafel no mais famoso fallafel de Paris: L’as du fallafel, 34, rue des Rosiers

Teria mais milhares de dicas dessa cidade que eu tanto curto, mas neste blog você vai encontrar muitas dicas do “lado B” de Paris. http://parisladob.com

Boa viagem

Kelly Cruz

Kelly Cruz São Paulo

respondeu 2 anos atrás

Po,

Dê uma olhada nesse site:

www.conexaoparis.com.br

Eles tem ótimas dicas de Paris e arredores!

Aproveite!!!

claudia fernandes

claudia fernandes Salvador

respondeu 2 anos atrás

ola Po,

da ultima vez que estyive por la, fiz dois programas muito diferntes do comum: o museu bourdelle, marvilhoso, pequeno, onde era a casa dele, perto de montparnasse. e a nova casa do Paté Goummond produtora de filmes ha seculos...kkk, perto da place de italy, uma casa super nova, linda e tem algo que par mim foi inusitado, sessoes de cinema mudo com o pianista ao vivo. achei demais isso.

o museu quay le branly e o museu picasso reformado valem super a pena. adoro ambos. tem tambem a cinemateca reformada e em frente um novo jardim, pra quem acha que Paris nao tem coisas novas... 

aproveite e tome um cha na mesquita do cinquieme com um docinho arabe, nunca deixo de ir la!

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para Paris,

PLANEJAR MINHA VIAGEM

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.