Alguém poderia me ajudar a montar um roteiro para 10 dias em Roma e Paris?

Trata-se de uma viagem com minha esposa. Não sei se será possível, mas gostaria de conhecer Florença, Pisa e Veneza. O problema é que não planejei bem o tempo ao comprar as passagens e só tenho de 21/02/2018 até 25/02/2018 na Itália. De 25/02/2018 até 02/03/2018 estarei em Paris. O que fazer? Preciso de dicas de hotéis, se alugo carro ou viajo de trem... enfim, qualquer coisa que possa ajudar!

Meu perfil de viagem: Gastronômico, Fotógrafo, Romântico

Responda a dúvida de Tiago

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

9 Respostas

Joao Vedovello

MELHOR RESPOSTA

Joao Vedovello

respondeu 2 anos atrás

Olá Tiago, tudo bem?

De maneira um pouco rápida e concentrada, dá para fazer este passeio sim... talvez fique um pouco corrido por conta de tantas opções que estes dois lugares oferecem, mas é possível sim.

Ponto importante: utilizem o trem para se deslocar entre as cidades ou mesmo o metrô para se deslocar em Roma ou Paris. É mais do que suficiente (e bom) o sistema de transporte ferroviário em ambos os lugares. Apenas utilizem o avião para pular de Veneza para Paris.

Imagino, pela sua descrição, que você terá os períodos citados livres para passear, correto? Então vamos lá!

21/02 - Roma (Vaticano com o Museu)

22/02 - Roma (Coliseu, Fontanas, Foro Romano, etc.)

23/02 - Florença 

24/02 - Veneza

25/02 você já deverá se deslocar para Paris, correto? Então é um dia meio que dividido entre Veneza e Paris... não vai dar para fazer muita coisa ou turistar apenas. De Veneza para Paris o melhor é o trecho aéreo mesmo... olhando no site www.goeuro.pt encontrei algumas passagens entre $ 62,00 e $ 80,00 euros para o casal, só uma questão de organizar e escolher o melhor horário para viajarem.

26/02 - Paris (Arco, Torre, Notre Dame, Panteão, etc.)

27/02 - Paris (Louvre, Champs Elisèe, etc.)

28/02 - Versalhes

01/03 - Paris (Invalides, Rodin, Sacre Coeur, Mollin Rouge, etc.)

02/03 - Paris (Marais, Vincennes, Cruzeiro pelo rio Sena, etc.)

As opções são apenas sugestões... existem tantas coisas para se fazer nestes dois lugares, que 10 dias em cada não seria nenhum exagero. Tudo vai depender do que vocês querem fazer, do quanto estão dispostos a caminhar (pois são dois pontos em que caminhamos bastante), quais as preferências, quais os pontos considerados obrigatórios... qualquer que seja a escolha, vocês encontrarão lugares fantásticos.

Apenas peço que tomem cuidado com a segurança, especialmente em Roma... muito cuidado... tenho vários relatos de roubos em ônibus e metrôs pela capital italiana... não é assalto a mão armada, mas conheço algumas pessoas que tiveram suas carteiras batidas por conta de aglomeração e batedores de carteira profissionais... ficou o trauma e o cuidado redobrado rssssss

Abração!

Clarice Oliveira

Clarice Oliveira San Francisco

respondeu 1 ano atrás

Olá, Tiago! Se for para Roma tente jantar um dia no Trastevere. É um bairro um pouco menos procurado por turistas. Comi o melhor ravioli da minha vida com vinho da casa por preços bem amigáveis.

Stefano  Giorgi

Stefano  Giorgi São Paulo

respondeu 2 anos atrás

Não conheço Paris, mas conheci muito bem Roma.

Já te aviso uma coisa de antemão, separe um dia inteiro parao Vaticano e seus museus. É muitaaaa coisa para ver e admirar. O papa sempre fala para os fiéis aos domingos e realiza audiências às quartas de manhã (você pode adquirir um convite no próprio Vaticano.

Outro dia vai para o Coliseu e a parte mais antiga da cidade como o Mercado de Trajano, o Fórum Romano e especialmente o Panteão.

Cara, uma coisa que amei fazer em Roma foi me perder pelas ruas e piazzas da cidade. Piazza Navona e Piazza di Spagna sao imperdíveis. A fontana de Trevvi é de tirar o fôlego. EU separaria um dia só para isso... andar por ali sem plano, sabe?

Tem muita gente que aproveita estar por ali e vai fazer compras em um outlet chamado Castel Romano... não sei se compensa muito, mas é você quem decide.

De noite tente ir curtir o clima boêmio de Trastevere. Ou alugar uma moto e ir para um dos mirantes nos arredores da cidade. Não deixe de jantar pelo menos uma vez no Alfredo di Roma.

RUTECN

RUTECN  campo grande

respondeu 1 ano atrás

Oi, Tiago!

Creio que você pode, sim, conhecer essas cidades todas, embora seja bastante corrido. Pra falar a verdade, fiquei em Roma quando fiz conexão por 14 horas lá, e me satisfez porque conheci os pontos turísticos mais importantes e ainda vi o Papa! Foi numa quarta feira, quando ele se apresenta na praça São Pedro (vi que é o dia que você chegará lá, como eu).

Em Roma, do aeroporto peguei o expresso até o Termini, e de lá o metrô para Cavour, e em minutos eu estava na Basílica San Pietro in Vincoli, onde há uma corrente que o prendeu. É perto do Coliseu e do Arco de Constantino, e se vai a pé. Voltei ao Termini de metrô e peguei outro para o Vaticano. Depois, desci na estação Barberini e andei quinhentos metros até a Piazza di Trevi. Lógico que Roma é muito mais que isso, mas lhe contei só pra você ter uma idéia; é só pegar no Google os pontos que interessa conhecer e traçar uma rota e economizar tempo. Assim, da mesma forma você pode ir rapidinho a essas outras cidades que quer.  

Quanto a Paris, posso dar mais dicas que inclusive já postei por aqui para uma estadia de cinco dias. A rede Ibis dispôe de hotéis em excelentes localizações, e sugiro o Grands Boulevards, perto das Galerias Lafayette. Uma vantagem grande é a enorme rede de metrôs que cobre toda a cidade, mas sempre que possível caminhe; é tanta coisa pra ver que você nem sente o quanto andou. E não se esqueça de pegar um mapa no hotel.

Dia 1 – Torre Eiffel; não acho que vale a pena enfrentar a fila para subir, mas vá até o outro lado da ponte, no Trocadero para tirar uma foto maravilhosa junto à fonte, com a torre ao fundo.

- Depois, seguindo pela margem do Sena, chegará ao Petit Palais e ao Grand Palais para umas fotos.

- Atravesse a mais linda ponte de Paris, a Pont Alexandre III, e chegará no Hôtel des Invalides, com o Musée de L’Armée, onde está a tumba de Napoleão .

- Voltando a atravessar a Pont Alexandre III, mais adiante estará na Place de la Concorde com o obelisco egípcio. 

- Do outro lado do Sena está o Musée d’Orsay (eu só tiraria uma foto da fachada e do salão central).

- Logo depois da Place de la Concorde, passe pelo Jardin des Touleries e estará no Louvre. Se chegar em Paris pela manhã e tiver apenas meio período para aproveitar, vá ao museu. 

Dia 2 – Vá ao Arc de Triomphe; de lá pegue o metrô até a estação Odéon (M1 sentido Château de Vincennes, depois o M4), vá ao Palácio de Luxembourg.

- À saída, você verá ali perto um palacete com pilares e abóboda – o Panthéon. 

- Atravesse o Sena e estará na Cathédrale de Notre Dame.

- Do outro lado da ilha, está o Hôtel de Ville, a prefeitura de Paris. Perto dali é o Louvre. Dá pra ir caminhando à Opéra Garnier.

- A 200 m dali estão as Galeries Lafayette. Abertas das 9,30 às 18,45h. 

- Na Boulevard Haussmann, próximo do metrô Chaussée d’Antin-La Fayette, há uma loja da Sephora, de cosméticos.

 Dias 3 e 4 - Compre passagens de ida e volta.

Eurodisney – na estação de metrô Châtelet Les Halles compre passagem pela RER e siga as placas de transferência para RER A4; o destino é Marne-la Vallée/ Parcs Disneyland, e dura 35 minutos. Só pegue o próximo trem se a placa do destino junto aos trilhos estiver com a luz verde acesa, pois você pode ir para outro lugar. O trem pára junto à Eurodisney. Guarde o ticket até o fim. Há duas entradas para comprar: Disneyland Park e Walt Disney Studios Park; se for nos dois, vá primeiro no Studios, que fecha mais cedo.

Palais de Versailles – pegue a RER linha C e desça na estação Versailles River Gauche – Château, ou o trem na Gare Montparnasse e desça na Versailles-chantiers; dura 40 minutos. Saindo da estação, siga as placas. O palácio abre às 9 horas. Como apenas o salão dos espelhos e os quartos reais estão abertos ao público, (e o jardim, lógico) dá para voltar cedo e curtir mais Paris. E aí, dá para curtir o por do sol na Pont Neuf.

Dia 5 - Vá à Sacré-Couer, a mais linda igreja de Paris. Pegue um metrô e desça na estação Anvers, ou a M4 – sentido P. Clignancourt e desça em Chateau Rouge; siga as placas ou o fluxo dos turistas. Aproveite o resto do dia para fazer o que não deu ou voltar ao Lafayette. 

Se você curte mariscos, não deixe de jantar uma noite no Léon de Bruxeles e experimentar moule au roquefort. Humm!! Tem um na Boulevard des Italiens, pertinho do Ópera.

Como disse, são sugestões que podem ajudá-lo. 

Um abraço e boa viagem!

Beatriz Bougleux

Beatriz Bougleux Lisboa

respondeu 1 ano atrás

Como o pessoal já passou várias dicas interessantes, eu vou indicar os hotéis que fiquei.

Em Roma eu fiquei no Hotel Luciani (próximo do Termini, com um café da manhã delicioso e incluido na diária, quarto com cama confortável, boa limpeza, aquecedor funcionando perfeitamente). Em Paris eu fiquei no Ibis Paris Italie Tolbiac (próximo do metro Tolbiac, café da manhã muito bom mas não está incluido na diária, tem um mercado em frente ao hotel, uma padaria na esquina da rua e na avenida principal tem restaurantes, lavanderia e Mc Donald).

Aldo Cruz

Aldo Cruz São Paulo

respondeu 2 anos atrás

Tiago,

Eu me restringiria a Roma e Paris, e só ! São capitais importantes, com muito o que fazer. Passar menos de 4 noites em qualquer dessas cidades é um desperdício de tempo e, principalmente, de dinheiro, fora a encheção de saco e perda de tempo de fazer e desfazer mala, entrar e sair de hotel, o tempo de deslocamento entre cidades, que é enooooorme, enfim, você vai matar um tempão da sua viagem nessas pequenas coisas. Pense bem. 

Eu prefiro conhecer bem um lugar a fazer turismo de fotografia e depois ficar falando "olha, eu nem lembro desse lugar aqui" .Ahhaha !

Duas providências que você deve tomar: em Roma comprar o Roma Pass http://www.paraviagem.com.br/como-funciona-o-roma-pass/

e em Paris comprar o Paris Visite https://www.parispass.com/how-it-works/paris-visite-pass.html?aid=23&gclid=CjwKCAjw_dTMBRBHEiwApIzn_HerrP3-nXiKLa2a_HxvXzAfjFwaL7vGn0Uecgkt7hQPO4pc6j4flRoCePkQAvD_BwE

São passes para o transporte público, o que vai facilitar muito o seu deslocamento, principalmente em Paris.

Caso queira ir a Versailles, recomendo que o faça no último dia, visto que é um programa que leva quase o dia inteiro. Da mesma forma não recomendo que vá ao Louvre, a não ser que você queira somente dar um alô pra Mona Lisa e cair fora.

Boa viagem

Ale Viagens Incríveis

Ale Viagens Incríveis São Paulo

respondeu 2 anos atrás

Hotel em.Roma o Smart hotel perto da estação central. Em Paris eu alugo apartamento através do airbnb na região de gard du nord. Mais econômico possível.

NNas cidades menores como Firenze e Genebra eu fico no Ibis ou rede NH.

MMuitos ficam até 4km do centro porém são cidades tranquilas de andar de ônibus.

QQquer outra dúvida me escreva. Abraço.

Pó Dourado

Pó Dourado São Paulo

respondeu 1 ano atrás

Tiago, pelo tempo que vocês tem eu não sairia das duas bases de Roma e Paris. Ambas cidades são cheias de atrativos e irão tomar plenamente o seu tempo e vocês não se arrependerão.

Na Itália, caso queiram sair de roma em um dos seus poucos dias, vocês podem fazer um bate e volta para Florença, é totalmente factível: a cidade está a menos de 2 horas de trem. Florença é linda e tem muito o que ver, mas acho que algumas horas já darão o gostinho da Toscana =). Pisa acho inviável pelo tempo de trem e, em relação à Veneza, penso o mesmo.

Ficando em duas cidades grandes, não há qualquer necessidade de carro - você se locomove perfeitamente de transporte público e, caso queiram fazer algum bate e volta, você conseguirá faze-lo de trem.

Caso busquem atrações turisticas concorridas (torre eiffel, louvre, coliseu, etc), recomendo comprar com antecedência para se livrar de filas.

Ale Viagens Incríveis

Ale Viagens Incríveis São Paulo

respondeu 2 anos atrás

Ola. Bom. Alugar carro só se vc pegar e devolver no mesmo local. Na italia as taxas de devolução do carro em cidades diferentes custam muito. Em torno de 80 euros.

Proximo a Roma eu diria para vc visitar Tivoli e Frascati são pequenas cidades no alto da colina. Vc aí ter vistas incríveis do litoral romano além de que Tivoli é uma verdadeiro riqueza histórica e de detalhes sobre castelos e lagos maravilhosoS.

AAinda saindo de Roma com sentido a Paris. Eu faria a rota pela Toscana. No caminho vc pode conhecer Como perto de Milão. Passar em Arezzo e Firenze. Conhecer Modena terra do aceto balsâmico rsrs depous Parma também é interessante. Por dentro da Suíça tem Zarmatt Lausanne e Genebra eu pularia por ser caríssima. Talvez eu ficasse eu Chamonix nas montanhas. Seguindo a estrada vc tem a região de Dijon e o parque natural Morvan. Tudo montanhoso e nevado. Legal pra viajar de trem. Porém trens na Suíça não são econômicos. Talvez o custo beneficio do Europass de 7 dias seja interessante.

NNa Itália trem regional custa muito pouco. E na França desde que vc compre com antecedência vai encontrar tarifas ótimas.

AA idéia de roteiro seria Roma, Tivoli , Frascati, Roma, Siena, Arezzo, Firenze, Modena, Parma, Como, Lugano, Zarmatt Chamonix Dijon Lausanne Annecy e Paris.

Já imaginou fazer uma viagem 100% personalizada e feita sob medida para você?!

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em criar roteiros 100% personalizados e sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e interesses e recebe uma consultoria grátis de um Especialista de viagens. Após fazer o orçamento, basta realizar o pagamento que o Instaviagem organiza toda a sua viagem do começo ao fim!

Responda a dúvida de Tiago

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

Recomendamos para você:

Perguntas que os viajantes também leram...

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.