Tudo o que você precisa saber para conhecer Inhotim, o museu mais legal do Brasil


  Brumadinho (Inhotim)  3505 visualizações

Parece complexo de vira-lata, mas andar por Inhotim, em Minas Gerais, dá uma sensação de que o lugar não é no Brasil. Um paisagismo fora de série, galerias modernas, tudo funcionando perfeitamente. Inhotim é o museu mais legal do Brasil. No meio de julho de 2016 eu finalmente o conheci. E passo tudo que aprendi para os viajantes que buscam o que fazer em Inhotim.

Mateus Souza adicionou foto de Brumadinho (Inhotim) Foto 1Fotos de Inhotim/Ana Luiza Tieghi

O Instituto
Aberto desde 2005, o Instituto Inhotim fica na cidade Brumadinho (MG), a mais ou menos 60 km de Belo Horizonte, e é um dos principais centros de arte contemporânea do país. São dezenas de esculturas ao ar livre e 22 pavilhões, que abrigam de fotografias a instalações, que exibem o que de mais significativo vem sendo produzido dentro e fora do Brasil. É idealizado pelo empresário mineiro Bernardo de Mello Paz, milionário da siderurgia brasileira e considerado o maior mecenas da arte brasileira.

Horários e ingressos
Inhotim tem horários diferentes durante a semana e aos fins de semana. De terça a sexta-feira, abre às 9h30 e fecha às 16h30, enquanto aos sábados, domingos e feriados a entrada começa no mesmo horário, mas o encerramento se dá uma hora mais tarde, às 17h30. De segunda o local não abre. Chegar até 10h é mais do que suficiente. Muito depois disso, no entanto, a fila para comprar o ingresso estará maior. O preço de Inhotim é o mesmo para qualquer dia: a entrada inteira custa R$ 40, exceto às quartas-feiras, que a entrada é de graça.

Mateus Souza adicionou foto de Brumadinho (Inhotim) Foto 2
Fotos de Inhotim/Ana Luiza Tieghi

Quanto tempo ficar em Inhotim?
Depende da sua paixão pela arte. Em um dia realmente é impossível conhecer todo o museu, mas é suficiente para a maioria das pessoas. Existem pacotes de 2 a 4 dias para quem prefira aproveitar com mais calma.

Preciso gostar e acompanhar arte contemporânea para gostar de Inhotim?
Definitivamente, não. Mesmo que você não goste e não entenda nada de arte contemporânea, será impossível não se impressionar com o paisagismo de Burle Marx (ele foi um dos criadores). Por algumas obras você pode passar sem entender nada, mas elas chocam por serem completamente inusitadas e de certa forma agressiva, no bom sentido. Sem contar a proposta de imersão: você interage com a obra. O exemplo mais clássico é a Cosmococa, de Hélio Oiticica, que através de experiências sensoriais simula as diversas fases do efeito da cocaína. O mergulho na obra é levado ao pé da letra: tem uma piscina dentro da galeria. Só tome cuidado com a água, extremamente gelada.

Mateus Souza adicionou foto de Brumadinho (Inhotim) Foto 3
Fotos de Inhotim/Mateus Luiz de Souza

Imensidão verde
Você já percorreu um campo oficial de futebol de ponta a ponta? Seus 105x68 metros são um tamanho considerável. Toda a área verde de Inhotim, de 140 hectares, corresponde a 140 gramados do esporte bretão. O Jardim Botânico Inhotim (JBI) possui em seu acervo aproximadamente 5.000 espécies, representando mais de 28% das famílias botânicas conhecidas no planeta. As orquídeas, por exemplo, doadas pelo Orchid Brazil, dão o tom em diversas áreas.

Mateus Souza adicionou foto de Brumadinho (Inhotim) Foto 4
Fotos de Inhotim/Ana Luia Tieghi

Sapatos confortáveis
Não é apenas a imensidão verde. O estado de Minas Gerais é conhecido como os “mares de morros” e Inhotim não poderia ser diferente. É ladeira para todo canto. Por isso a recomendação é de se usar um sapato confortável, os melhores amigos de quem visita Inhotim. Cansei de ver mulheres com sapatos agulhas caminhando com dificuldade por entre as galerias.

O próprio site de Inhotim recomenda a visita a pé. “Mas vou alugar um carrinho para não precisar andar”. É válido, tem quem não goste de andar, quem vai com criança, etc. Mas com isso você só evita as subidas e descidas. Ainda assim caminha muito do ponto que o carrinho te deixa até chegar às galerias e nas galerias em si. Por isso sapatos com saltos e qualquer outra coisa não confortável para os pés são uma cilada.  

Mateus Souza adicionou foto de Brumadinho (Inhotim) Foto 5
Fotos de Inhotim/Ana Luiza Tieghi

Carrinho
O transporte interno, naqueles carrinhos de golfe, funciona de terça a sexta, das 10h às 16h, e finais de semana e feriados das 10h às 17h. Existem dois tipos: o com rotas prédeterminadas, e o exclusivo. Neste último, um carrinho elétrico com motorista fica à disposição dos visitantes durante um dia de visita (R$ 480) ou no período de uma hora (R$ 160/hora).

Como chegar em Inhotim
Para quem vai de carro, siga pela rodovia Fernão Dias, sentido São Paulo, até a entrada 508, quando pegará a rodovia Hum, que dará em Brumadinho. Não tem erro: inúmeras placas, uma delas gigantesca, indicam o Instituto o tempo inteiro. O trajeto tem cerca de 60 km. De qualquer maneira, bom fazer um mapa de Inhotim.

Ande com atenção, pois o trecho da Fernão Dias tem bastante caminhão, enquanto o trecho até Brumadinho é de pista simples e com curvas. Se você não for alugar um carro, existe ônibus para Inhotim, da empresa Saritur, que sai da rodoviária às 8h15 e retorna no horário de fechamento. Compre com antecência, portanto. A ida custa R$ 23,90 e a volta R$ 23,45, em valores de julho de 2016.

Mateus Souza adicionou foto de Brumadinho (Inhotim) Foto 6Fotos de Inhotim/Divulgação Shutterstock

Onde comer em Inhotim
Não é permitida a entrada com alimento, mas se você levar um salgadinho na mochila, eles não vão te revistar e nem mesmo proibir de comer se estiver em um gramado. O que não pode é levar uma toalha e montar um piquenique na cara dura.

Digo isso porque os preços em Inhotim são caros. São dois restaurantes: Tamboril e Oiticica. As pedidas mais econômicas são o Café do Teatro e as lanchonetes das Galerias Fonte e True Rouge, que oferecem salgados, lanches, bolos e pães a preços acessíveis.

Não tão econômicos, mas não estratosféricos quanto os restaurantes são a pizzaria colada ao Galpão Cardiff & Miller e um quiosque de cachorro quente vizinho à Galeria Adriana Varejão.

Inhotim: onde ficar?
Brumadinho está situada no Vale do Paraopeba, conhecido como o “vale do charme”. A cidade é lotada de pousadas, portanto o viajante pode se hospedar por ali mesmo para visitar o museu. É uma dupla vantagem: estará pertinho de Inhotim e não estará longe de Belo Horizonte, podendo visitar a capital mineira quando bem entender e ainda assim curtir o clima de interior que Brumadinho proporciona.

Mateus Souza adicionou foto de Brumadinho (Inhotim) Foto 7Fotos de Inhotim/Divulgação Shutterstock

O que fazer em Brumadinho
A Rota da Cachaça leva grupos para conhecer a produção de cachaça local e ainda aprender sobre a história da produção na região. Fazer isso em Minas sempre é uma boa ideia.

Não para por aí. Brumadinho tem suas atrações radicais nas serras do Rola Moça, Calçada e Moeda, onde é possível praticar mountain bike, voar de asa-delta, paraglider e em balões. O Parque Estadual da Serra do Rola Moça, casa de espécies ameaçadas de extinção, como a jaguatirica, o lobo-guará e o veado campeiro, completa o circuito verde.

Onde ficar em Brumadinho
Tem diárias para todos os gostos e bolsos, que variam entre R$ 45 no Hostel 70 (que também tem área para camping – R$ 20 por pessoa com café da manhã) e mais de R$ 1 mil na Pousada Estalagem do Mirante (com clima romântico, hidromassagem e vista para a serra).

No portal do Instituto Inhotim há mais opções de hospedagens. Acesse aqui e confira, assim como outras dicas que ficaram de fora desse meu post.

Mateus Souza adicionou foto de Brumadinho (Inhotim) Foto 8Fotos de Inhotim/Mateus Luiz de Souza

Vai curtir a capital mineira também? Fiz um roteiro ideal para quem busca o que fazer em BH em um final de semana

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

David Andrade

David Andrade comentou 3 anos atrás

Belo texto!

Henry Barcelar

Henry Barcelar comentou 3 anos atrás

Mateus, adoro seus textos!!

Mateus Souza

Mateus Souza comentou 3 anos atrás

Oi Henry, só vi hoje seu comentário, obrigado :)

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para Brumadinho (Inhotim),

PLANEJAR MINHA VIAGEM

Recomendamos para você:

Viajantes também leram:

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para que pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.