Roteiro para aproveitar loucamente BH em um final de semana


  Belo Horizonte, Brumadinho (Inhotim)  12671 visualizações

Viajar para Belo Horizonte é trem bão demais, sô. Há muito o que fazer em BH. A capital mineira tem uma vida cultural e noturna das mais movimentadas do Brasil. São inúmeras opções de bares, restaurantes, baladas e exposições que farão as suas 48 horas serem as mais movimentadas possíveis. Se possível, vale ficar mais tempo, porém separei um roteiro para aproveitar loucamente BH em um final de semana.

Aliás, o roteiro pode ser dividido em dois: com ou sem Inhotim, o museu a céu aberto que é uma experiência visual e sensorial incrivelmente surreal. Mesmo que você não goste e não entenda nada de arte contemporânea, será impossível não se impressionar com o paisagismo que tem um de seus criadores o famoso Burle Marx. E não para por aí: muitas das obras tem uma proposta de imersão, como a Cosmococa, que através de experiências sensoriais simula as diversas fases do efeito da cocaína. Nela, é possível interagir com o ambiente, inclusive com uma piscina (de água gelada).

No meu roteiro, resolvi incluir Inhotim pois já conhecia Belo Horizonte anteriormente e Inhotim ainda não. Num próximo post, monto o roteiro sem Inhotim, para quem não faz questão do museu.

Bom, vamos lá: o que fazer em Belo Horizonte em 2 dias

Mateus Souza adicionou foto de Belo Horizonte,Brumadinho (Inhotim) Foto 1

Sexta à noite (22h) - Chegando em BH
Para quem escolher visitar Inhotim, recomendo chegar já na sexta à noite, para fazer o sábado render melhor.

Sábado (10h) - O que fazer em Inhotim
Aos sábados, domingos e feriados o Instituto Inhotim abre às 9h30. Chegar por volta das 10h é mais do que suficiente. Muito depois disso, no entanto, a fila para comprar o ingresso estará maior. A entrada inteira custa R$ 40. Para chegar de carro, siga pela rodovia Fernão Dias, sentido São Paulo, até a entrada 508, quando pegará a rodovia Hum, que dará em Brumadinho. Não tem erro: inúmeras placas, uma delas gigantesca, indicam Inhotim o tempo inteiro. O trajeto tem cerca de 60 km. Ande com atenção, pois o trecho da Fernão Dias tem bastante caminhão, enquanto o trecho até Brumadinho é de pista simples e com curvas. Se você não for alugar um carro, existe um ônibus da empresa Saritur que sai da rodoviária às 8h15 e retorna no horário de fechamento. Compre com antecência, portanto. A ida custa R$ 23,90 e a volta R$ 23,45.

Mateus Souza adicionou foto de Belo Horizonte,Brumadinho (Inhotim) Foto 2

Almoce por lá, em um dos restaurantes (que são meio caros), ou em lanchonetes e pizzaria que o local possui. Indico a pizza: pedaço a R$ 10, porém em tamanho generoso. Vá com sapatos esportivos, pois você irá caminhar boa parte do tempo, alguns trechos em ladeiras não muito simpáticas. Se seu sedentarismo for muito grande, o transporte interno (parece aqueles carrinhos de golfe) sai por R$ 25 e faz rotas prédeterminadas.

O Instituto fecha às 17h30. Se você se empolgar com o local, fique até o fim. Mas sair antes, por volta das 15h, é o ideal, por três motivos: já deu para ver os principais pontos de interesse de Inhotim, ainda há muito o que fazer em BH no final de semana e você escapa do trânsito na volta.

Sábado 16h - Um belo horizonte
Chegue a tempo do pôr do sol. A Praça Israel Pinheiro, mais conhecida como Praça do Papa, depois que o papa João Paulo II celebrou uma missa campal em sua visita nos anos 80, é simplesmente ponto de interesse em Belo Horizonte obrigatório para qualquer um que visite a cidade. Isso porque a praça e seu mirante, situados ao pé da Serra do Curral, têm a vista panorâmica mais bonita da região - um verdadeiro belo horizonte. Um momento ideal para levar uma garrafa de vinho ou umas latinhas de cerveja e conversar com os amigos/namorada e refletir sobre a vida.

Mateus Souza adicionou foto de Belo Horizonte,Brumadinho (Inhotim) Foto 3

O mirante e a praça do Papa fazem parte do roteiro Mangabeiras, no qual também estão incluídos o Parque, a Rua do Amendoim, a Praça da Bandeira, e o Museu do Telefone. A Rua do Amendoim (oficialmente Professor Otávio Coelho Magalhães) merece uma explicação a parte. Ela é um ponto turístico classificado como “curiosidade” na placa do local. É que os carros que ali param, quando desligados, ao invés de descerem a ladeira, sobem. Quer dizer, “sobem”. É uma ilusão de ótica devido à inclinação das ruas, que dá esse golpe na nossa vista. É bastante divertido.

Sábado (19h) - O que fazer na Savassi
Depois de aproveitar a vista, passe no seu hotel/hostel/pousada/casa de amigo tomar um banho revigorante. Estique um pouco a perna no sofá e reconquiste energia, pois a noite ainda é longa. Hora de ir até o bairro Savassi matar a fome e aproveitar o melhor da vida boêmia.

O centro do agito é nas ruas Antônio de Albuquerque, Curitiba, Sergipe, Rio de Janeiro, Bahia e Fernandes Tourinho. São dezenas de opções de barzinhos e baladas, como Amsterdam Pub, A Obra, Emme Lounge, Roxy Club, Royalty Club, D Duck Club e a boate Josepine Roxxy (para o público gay).

Mateus Souza adicionou foto de Belo Horizonte,Brumadinho (Inhotim) Foto 4

Se preferir algo mais alternativo e fora da Savassi, o Núcleo de Estudos de Cultura Popular (NECUP) é o local ideal, com festas temáticas cubanas e de soul music, onde pessoas de todas as idades se misturam em ambiente eclético. Entrada a R$ 15.

Domingo (9h) - Clima ressaca
Esse trecho do roteiro é o mais flexível. Longe de não ser interessante, mas entendo o viajante que não consiga acordar cedo depois de uma noitada. Mas para aproveitar o máximo do que fazer em Belo Horizonte no final de semana, há que se acordar cedo. Dê uma passada no Mercadão, aberto até as 13h no domingo. Bastante tradicional, vai ter as melhores opções de sanduíches (não fale lanche para um mineiro) e pães de queijo para o café da manhã.

Mateus Souza adicionou foto de Belo Horizonte,Brumadinho (Inhotim) Foto 5

Depois, ainda dá tempo de conhecer uma feira de artesanato famosíssima em Belo Horizonte. Localizada na avenida Afonso Pena, acontece todo domingo, das 6h às 14h. Alimentos, artesanato, roupas, sapatos, infantil e pinturas estão presentes, e ainda é ponto de encontro de músicos e estátuas vivas.

Domingo (12h) - Pontos de interesse de Belo Horizonte
A tríade campus da UFMG-Mineirão-Lagoa da Pampulha são três cartões-postais um do lado do outro. De domingo o campus está fechado, mas os seguranças costumam abrir se você diz que quer conhecer (se estiver com um mineiro do lado as chances disso dar certo são maiores). O Mineirão, palco do triste 7 a 1, encanta por sua imponência. As visitas vão até 13h.

Por último, o complexo da Lagoa da Pampulha, que no último dia 18 de julho recebeu o título de Patrimônio Mundial da Humanidade. Não é por menos: a região projetada por Oscar Niemeyer tem, além da beleza natural do verde da mata e do azul da água, a Igreja de São Francisco, com afrescos de Candido Portinari e o Museu da Arte. Outra boa notícia: por anos as águas foram totalmente tomadas pela poluição, mas ultimamente a situação está melhorando.

Mateus Souza adicionou foto de Belo Horizonte,Brumadinho (Inhotim) Foto 6

Domingo (16h) - Um bom restaurante em Belo Horizonte
Para finalizar a estadia em Belo Horizonte, uma boa culinária mineira. O Xapuri (rua Mandacaru, 260, Trevo) é minha indicação, com porções caprichadas. O Frango Jeca (frango ensopado com creme e rodelas de milho), o Carret ao Melaço (arroz, feijão, purê de mandioca com requeijão da roça e taioba refogada) e a porção de ovo frito na manteiga são garantias de boa refeição.

Já é hora de voltar para casa, infelizmente. A certeza será uma só: você vai querer passar outro final de semana em BH, muito louco na capital dos bares.

Até a próxima, Belo Horizonte.

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

Fernando Ceron

Fernando Ceron comentou 3 anos atrás

Apoio seu roteiro. Perfeito guia de BH. Parabéns

Mateus Souza

Mateus Souza comentou 3 anos atrás

Obrigado, meu caro! Infelizmente o final de semana tem só dois dias, pois BH é uma cidade que daria para ficar muito mais.

Miriam Munir

Miriam Munir comentou 3 anos atrás

Parabéns Mateus!! Show!! :)

Stefânia Narciso

Stefânia Narciso comentou 3 anos atrás

Amo BH!! E a praça do Papa é meu lugar favorito!!!

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para Belo Horizonte, Brumadinho (Inhotim),

PLANEJAR MINHA VIAGEM

Recomendamos para você:

Viajantes também leram:

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para que pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.