O que fazer em Gramado, na encantadora Serra Gaúcha


  Gramado, Canela  2387 visualizações

Gramado, a principal cidade da Serra Gaúcha, no Rio Grande do Sul, é um dos destinos mais tradicionais do inverno brasileiro. Até neve cai por lá (bem) de vez em quando. Mas o que fazer em Gramado? Dá para visitar a cidade fora da alta temporada? O post será sobre essas e outras dúvidas que podem aparecer durante o planejamento da trip.

Mateus Souza adicionou foto de Gramado,Canela Foto 1

Quando ir
A alta temporada é no inverno, quando a cidade se prepara para o frio e parece que uma aura diferente toma conta de Gramado. As opções do que fazer em Gramado são inúmeras nesse período. No entanto, por estar na Serra Gaúcha, a temperatura é sempre um pouco mais amena o ano inteiro, portanto, há o que fazer em Gramado e Canela nos 365 dias do ano. Festivais e eventos na rua acontecem principalmente aos finais de semana. No Natal e Ano Novo a cidade se comporta praticamente como no inverno. As luzes se espalham pelos pontos turísticos de Gramado e até neve artificial pode ser observada. A única diferença é mesmo a ausência do frio.   

Dinheiro
A resposta que nenhum viajante quer ouvir: há muito o que fazer em Gramado, mas a cidade não é das mais baratas. E quais seriam os gastos? Com passagens dá para pagar um valor razoável: as companhias frequentemente colocam em promoção voos para Porto Alegre, o aeroporto mais usado para chegar em Gramado, a 135 km em estrada bem sinalizada. Alugar um carro é a maneira mais fácil de se locomover, tanto de Porto Alegre para Gramado, quanto na própria cidade, que não possui um sistema de transporte público que atende os turistas. 

Darei dicas de hospedagem em Gramado abaixo, mas o segredo é sempre deixar o luxo de lado e escolher aquela pousadinha simples e longe do centro. Restaurantes, cafés e passeios consomem o resto da grana. Gaste perna antes de parar na primeira opção - logo ao lado pode ter algo com um custo benefício maior.

Onde dormir em Gramado
Parte fundamental de qualquer viagem, escolher onde dormir não é difícil em Gramado, pois existem inúmeros hotéis, pousadas e hostels. O segredo é achar o que melhor se encaixa no orçamento de sua viagem. A rede de hotéis Laghetto tem preços bons. Já a Pousada Vovó Carolina não é das mais em conta, mas tem um café da manhã que vale cada centavo desembolsado.

Mateus Souza adicionou foto de Gramado,Canela Foto 2

O que fazer em Gramado
O viajante de muita sorte pode pegar neve natural em Gramado no inverno, mas qualquer viajante pode encarar a neve o ano inteiro. Trata-se do Snowland, o primeiro parque de neve indoor da América Latina. O local “fabrica” neve, que, segundo os proprietários, é idêntica à real. A partir de R$ 109 por adulto e R$ 79 por criança.

A Rua Coberta é um dos pontos turísticos mais visitados de Gramado, por estar bem na região central. É uma rua com telhado de vidro repleta de lojas dos mais variados estilos: artesanatos, sapatos, artigos em couro, malharia, livrarias, restaurantes (uma ótima pedida é pedir o famoso frango com polenta), cafés e lojas de doces. É na Rua Coberta onde acontecem shows e festivais durante o inverno.

Mateus Souza adicionou foto de Gramado,Canela Foto 3

O Lago Negro, cuja decoração é feita com árvores importadas da Floresta Negra, da Alemanha, é o cartão-postal natural mais bonito de Gramado. A cor escura da água reflete o verde escuro dos pinheiros, causando um grande espetáculo de cores, ao lado de belas hortênsias e azaléias abundantes no local. Faça o passeio de pedalinho.

Mateus Souza adicionou foto de Gramado,Canela Foto 4

Por último, mas não menos importante, o parque Mini Mundo, cujo título é bastante explicativo: o mundo está em miniatura. Atenção: ele estará fechado dos dias 6 a 23 de fevereiro de 2017, para reformas. 

Mateus Souza adicionou foto de Gramado,Canela Foto 5

Para mais sugestões do que fazer em Gramado à noite, clique aqui.

Onde comer em Gramado
Definitivamente, Gramado tem alguns dos melhores restaurantes da Serra Gaúcha. Conhecer alguns deles deve entrar na lista do que fazer em Gramado à noite. A avenida Borges de Medeiro, uma das principais vias da cidade, concentra alguns dos melhores. Vou falar primeiro deles.

O Divino honra o nome e tem um fondue divino, ideal para espantar o frio da serra. Petiscos, hambúrgueres e sanduíches também são servidos por lá. Se for comer, só não se esqueça de deixar espaço para o foundue. Os pratos são elaborados com ingredientes orgânicos cultivados na própria cidade. Ponto positivo.

Mateus Souza adicionou foto de Gramado,Canela Foto 6

No Nonno Mio, sinta-se em casa, o avô é de todo mundo. Massas, carnes e risotos estão entre os pratos chefes do lugar. Destaque ao Galeto ao Primo Canto, prato de origem italiana. A noite, o bônus: a decoração oferece um jantar temático do início do século XX.

Na avenida das Hortênsias, o casarão do Bela Vista Café Colonial chama atenção de longe e será uma parada inevitável. Trata-se do primeiro café colonial do Brasil, fundado em 1973. Nada mais nada menos do que 80 opções no cardápio, entre pães, bolos, salgados, carnes brustoladas.

O restaurante Ratatouille (Praça Largo Claudio Pasqual, 55) também serve um ótimo fondue, mas é no prato que dá o nome ao estabelecimento o carro-chefe da casa. Para quem não conhece, ratatouille é uma receita do século XVIII, prato rústico da região de Provença, na Itália, que foi muito bem trazido para Gramado.

O que fazer em Canela
Não podemos falar de Gramado sem citar a cidade vizinha, Canela. O esquema bate-volta é o mais usado pelos viajantes. O ônibus sai da rodoviária de Gramado e deixa na rodoviária de Canela, ambas bem perto da região central. Só 15 minutos de estrada e já chega lá. O circular custa R$ 4,80 de Gramado para Canela e R$ 3 a volta. Para quem estiver de carro, são 9 km em uma estrada bem sinalizada.

A Catedral de Pedra, bem no centro de Canela, impressiona qualquer turista. Em estilo gótico, são 65 metros de altura e 12 sinos no topo. À noite, a iluminação potencializa ainda mais a beleza. Faça um passeio pela cidade, que é tão charmosa quanto Gramado. Guarde tempo para o Parque Estadual do Caracol, considerado o principal parque do Rio Grande do Sul. O mirante tem uma vista privilegiada da Cascata do Caracol e seus 131 metros de queda livre. O contato maior com a natureza, no entanto, está nas trilhas ecológicas do parque.

Mateus Souza adicionou foto de Gramado,Canela Foto 7

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

Edesia Pickler

Edesia Pickler comentou 3 anos atrás

O lugar é lindo e recomendo ótimo pra quem gosta muito de inverno e frio.

Bruno Vinícius

Bruno Vinícius comentou 2 anos atrás

Cidade Linda, quer conhecer um dia.

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para Gramado, Canela,

PLANEJAR MINHA VIAGEM

Recomendamos para você:

Viajantes também leram:

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para que pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.