Alessandro Paiva

   dubBlogger

     Belo Horizonte     fuievouvoltar.com
   Um dos grandes ensinamentos que tive dos meus pais aconteceu em julho de 1984: aprendi a gostar de viajar. Carregaram eu e minha irmã nas costas e saíram em uma jornada cheia de escalas e aventuras pela Bolívia. Nessa façanha, viajamos 24 horas num ônibus de Belo Horizonte a Campo Grande; pegamos um trem até Corumbá; cruzamos a fronteira com a Bolívia e, na cidadezinha de Quijarro, embarcamos no “Trem da Morte”, descendo em Santa Cruz de la Sierra; subimos a Cordilheira dos Andes numa viagem de 18 horas rumo a Cochabamba, com direito a apenas uma parada, apertados em uma jardineira prestes a cair despenhadeiros abaixo; seguimos para La Paz num trem de dois vagões; esticamos até a fronteira com o Peru e retornamos para nossa casa, felizes, sãos e salvos. Eu tinha apenas onze anos de idade e minha irmã, seis. Foi uma lição e tanto! Dessa viagem, não me esqueço de nada, mesmo tendo se passado tantos anos. Lembro-me dos trajetos, dos nomes das cidades, das atrações, das curiosidades, dos fatos. Nos anos seguintes, as aventuras continuaram. Exploramos o nordeste brasileiro acomodados no querido Chevette 80 e participamos de tantas outras excursões pelo território nacional e pela América do Sul. Aos poucos, eu me “graduava” em turismo, ansioso por explorar o mundo. Conheci o Caribe, boa parte dos Estados Unidos e morei um tempinho em Roma, na Itália. Iniciado na cultura turística pelos meus pais, decidi que viajar será uma atividade que terei agendada para o resto da minha vida. Enquanto puder bater perna, vou sair mundo afora com minha máquina fotográfica e retornar cheio de novidades.

MEU PASSAPORTE

MEUS PONTOS



/
(6 de 15)

  KMs: 1.581

  Perguntas: 3

  Respostas: 5

  Valeus recebidos: 26

  Pessoas impactadas: 22.976

  Membro desde: 02-12-2015

NOVIDADE: Retire seu Passaporte Oficial Dubbi!

RESPOSTAS