Os perrengues do Caminho


  Cambará do Sul  1239 visualizações

Nesse ano (2016) em nossa trip pelo Sul do Brasil, esquecemos de um detalhe! Ver a previsão do tempo.

Nossa viagem ocorreu em pleno verão e mesmo sabendo que a região sul, é mais fria não pensamos que seria tanto.

Saímos  de SP com altas temperaturas, em Cambará do Sul (RS) porém a realidade estava bem diferente. Temperaturas bem baixas para quem não está acostumado, e nem preparado. Ainda mais acampando!

Havíamos levado muita roupa de verão, bermudas e camisetas de monte. Mas roupa de inverno não!

Na cidade e no camping estávamos nos virando, como por exemplo usando toalhas de banho como cobertor.... estávamos mas em uma das trilhas a Margarete perdeu as solas do tênis de trilha (elas já estavam descolando, mas não havíamos visto antes da saída de SP). Com isso emprestei um tênis para ela.

Fizemos uma trilha depois de uma chuva, e eu afundei praticamente a minha perna na lama, tornando minhas botas inutilizáveis. O par de tênis que eu havia emprestado pra Margarete também estava com a sola descolando e com essa trilha ele também foi para o beleléu.

Mas com o tanto de lama que pegamos nossas calças também ficaram perdidas de lama.

Por sorte foi o último dia de trilha, e no ultimo dia em Cambará nos viramos com sandálias e chinelos.

Saímos de Cambará com destino a Canela e Gramado. Mas chegando lá estava bastante frio. Não tínhamos mais sapatos fechados, e nem calças limpas. Mas já sabem, pé gelado é terrível, parece que o resto do corpo não esquenta. Chegamos em em Canela e fomos direto pra Gramado com o intuito de encontramos alguma loja de sapatos. Já era noite e encontramos uma loja aberta, onde compramos um par de tênis para cada uma, juntamente com um pacote de meias. O engraçado foi a gente pedindo ao vendedor para que pudéssemos calçar o tênis ali mesmo. A sensação de alivio do frio foi imensa.

No dia seguinte corremos a uma lavanderia para recuperarmos nossos agasalhos, e precisamos ainda assim ir algumas lojas para comprar cachecol, chapéu e blusa de lã. Enquanto isso em São Paulo todo mundo passando sufoco com as altas temperaturas. Mas serviu de lição. Temos que estar mais preparados!!

Mas como digo, não só de paisagens bonitas são feitas as férias. Sempre existe algum perrengue para termos também historias para lembrar e contar!

Denise Santos adicionou foto de Cambará do Sul Foto 1Denise Santos adicionou foto de Cambará do Sul Foto 2

Em Cambará do Sul, o que encontramos em nossa visita aos Canions.

Denise Santos adicionou foto de Cambará do Sul Foto 3

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

RUTECN

RUTECN  comentou 3 anos atrás

Que aventura, heim! E que fria (literalmente, rss)! Nada como o bom humor nessas horas e armazenar história pra contar. Bj

Dani Endler Sobieszczanski

Dani Endler Sobieszczanski comentou 3 anos atrás

Denise, qual era a temperatura?

Denise Santos

Denise Santos comentou 3 anos atrás

Dani, não me lembro da temperatura. Mas foi necessário usarmos camiseta, blusa segunda pele e casaco pesado. Dormir também estava complicado. E quando falava com o pessoal em SP o calor estava de tostar.

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para Cambará do Sul,

PLANEJAR MINHA VIAGEM

Recomendamos para você:

Viajantes também leram:

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para que pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.