O que fazer em São Paulo


  São Paulo  2631 visualizações

Maior cidade do Brasil, São Paulo acaba de atingir a marca de 12 milhões de habitantes. Igual número de turistas a cidade recebe por ano, boa parte do turismo de negócios. Mesmo que uma pequena parte seja do “turismo normal”, ainda assim dá um número considerável de pessoas. E quem vem a trabalho pode aproveitar um pouco: dá tempo de ir a um bom bar, restaurante, cinema, balada.

O Dubbi nasceu em São Paulo, fundado por três jovens empreendedores em 2015. E o Dubbi ama a cidade, por isso selecionou o que fazer em São Paulo.

O que fazer em São Paulo: festas
O agito noturno da capital paulista está no nível das mais metrópoles mais famosos do mundo, como Nova York e Berlim. Portanto, se o que procura fazer em São Paulo está na noite, veio ao lugar certo. A rua Augusta e seu entorno é um dos principais focos de baladas. O Beco 203, originário de Porto Alegre, consolidou-se como um ponto do indie, já o Anexo B, logo ao lado, dos mesmos donos, vai tocar mais Lady Gaga e outros pops.

A grande sensação do momento pelo mundo são as rooftops, ou festas nos telhados. E São Paulo está antenada na tendência. A festa PanAm Club está no topo do hotel Maksoud Plaza, o mais lendário de São Paulo. Por R$ 80 a consumação o cliente curte boa música, pessoas animadas e a vista inesquecível. O projeto Air começou em junho de 2016 no topo do Shopping Light (outro clássico edifício em SP), levando o melhor da música eletrônica. E outros tantos estão surgindo!

DUBBI  adicionou foto de São Paulo Foto 1

O que fazer em São Paulo: bares
O bairro mais boêmio é a Vila Madalena, na zona oeste. São quarteirões e quarteirões dedicados a estabelecimentos que lotam aos finais de semana à noite (e mesmo durante a semana o número de pessoas em suas mesas é considerável). O movimento de pessoas nas ruas e calçadas também é intenso (e a região tem também algumas baladas).

O cruzamento da rua Aspicuelta com a rua Fradique Coutinho é, digamos, o “coração” da Vila Madalena, onde a concentração de bares e pessoas é ainda maior. Mas em todo o bairro existem inúmeros estabelecimentos um pouco mais afastados que também valem muito a pena.

Um deles é o Pé de Manga, um agradável bar com um pé de manga enorme em sua área externa, onde ficam as mesas mais procuradas pelos clientes. Impossível não se deliciar, principalmente à tarde com as folhas protegendo do sol e criando uma atmosfera fresca.

DUBBI  adicionou foto de São Paulo Foto 2

Para chegar na Vila Madalena, evite ir de carro. As ruas andam muito devagar, quase parando, e os estacionamentos são caros (além do fato de que bebida e direção não combinam). A melhor dica é descer nos metrôs Fradique Coutinho ou Vila Madalena e ir a pé ou de táxi/Uber.

Mas os bares em São Paulo não estão restritos ao bairro. No Itaim Bibi (também na zona oeste), que durante o dia é um polo empresarial, à noite muda de figura e assume o lado boêmio, com diversos novos bares abertos nos últimos anos. Entre os pontos certeiros de diversão, figuram Bardot, Tatu Bola, Méz e o Só Shots (popularmente conhecido como Xoxóts rs).  

Se o que procura fazer em São Paulo é ir a bares, rapaz, você veio no lugar certo! Ainda nem falamos dos pubs, que são garantia de diversão, principalmente se você for no Omalley´s, The Finnegans, The Sailor e The Pub, alguns dos mais famosos. E tem a rua Augusta, outro point de bares em São Paulo, desde inúmeros botecos, como o BH, que funciona 24 horas, ao famoso Ibotirama, que tem dois ambientes: um mais boteco e outro mais chique. O Tex tem de tudo: bar, pista de dança, sinuca, boliche, poker, paquera,  risada. Lugar indicadíssimo!

DUBBI  adicionou foto de São Paulo Foto 3

O que fazer em São Paulo: lanchonetes e restaurantes
Se não faltam bares, também não faltam boas lanchonetes e restaurantes por toda a cidade de São Paulo. O mais icônico dos restaurantes talvez seja o Terraço Itália, que fica no topo do edifício Itália, um dos mais altos e famosos de São Paulo, no centro. A vista panorâmica perfeita de toda a cidade, no entanto, tem seu preço: é um dos mais caros restaurantes paulistanos, mas ideal para comemorar um momento especial na vida.

DUBBI  adicionou foto de São Paulo Foto 4

Aliás, o centro ferve de bons restaurantes para quem procura o que fazer em São Paulo. Do lado do edifício Itália, no térreo do edifício Copan, está o Bar da Dona Onça, que pode ser bar, pode ser restaurante, você escolhe. Em qualquer ocasião estará lotado, por isso recomenda-se reserva com antecedência. Um restaurante para ir com toda a família, ainda na região central, é o italiano Famiglia Mancini, na rua Avanhandava - que é um charme só, toda de paralelepípedo e com luzes coloridas, dando um tom de cidadezinha europeia.

Saindo do centro, na zona norte, está um dos mais famosos restaurantes de São Paulo, o Mocotó, de comida tradicional nordestina. O perigo é não sair de lá nunca mais depois de comer tão bem. Mas para encontrar um bom lugar para comer em São Paulo não é preciso muito esforço, principalmente se estiver hospedado em uma região mais central. O 24 horas mais famoso é a lanchonete Estadão, no viaduto Nove de Julho. O movimento é tão grande que mesmo às 3h é preciso esperar para sentar. O ritmo dos funcionários é frenético, mas a qualidade se mantém intacta. Prove o saboroso lanche de pernil.

O que fazer em São Paulo: passeios
Já falamos de tanta coisa e ainda nem deu tempo de contar dos passeios. Depois de aproveitar a vida noturna, comendo bem em um restaurante e se esbaldando na noite, seja em um bar ou em uma balada, no dia seguinte ainda é preciso terminar a lista do que fazer em São Paulo com alguns passeios obrigatórios.

O Parque do Ibirapuera é a prova maior de que a metrópole não é só uma selva de pedras. O parque é um dos mais bonitos do mundo, com uma área verde que atrai paulistanos e turistas para passar o dia apreciando a vista do lago. De final de semana estará sempre lotado, de pessoas a pé, de bike, de skate, patins, de hoverboard ou o que mais inventarem.

DUBBI  adicionou foto de São Paulo Foto 5Divulgação/Shutterstock

A Avenida Paulista, que já era um cartão postal indispensável, agora tornou-se ainda mais aos domingos. Isso porque a via fica fechada para carros até as 18h. E vira um grande parque a céu aberto, com famílias, cachorros, artistas vendendo a sua arte, bandas tocando, casais apaixonados e tudo o que possa imaginar. A síntese perfeita da cidade em um só local.

Existe, sim, amor em SP, e existe também muito o que fazer em São Paulo. Esse texto foi apenas uma pequena amostra. O Dubbi espera que você visite a nossa cidade e retorne em breve (e aí fazemos outro texto com mais dicas, combinado?).

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para São Paulo,

PLANEJAR MINHA VIAGEM

Recomendamos para você:

Viajantes também leram:

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para que pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.