O que fazer em Nova York


  Nova York  2362 visualizações

A Big Apple abriga muitas cidades dentro dela. Tanto que é muito difícil, em um só texto, falar de tudo que ela oferece. Ou você corre o risco de cair no lugar comum, ou de deixar atrações imperdíveis de fora.

Mas o Dubbi encarou o desafio de falar da cidade mais cosmopolita do mundo. Quer saber o que fazer em Nova York? Confira as nossas dicas!

DUBBI  adicionou foto de Nova York Foto 1

Divulgação/Shutterstock

Fugir do comum
O que fazer em Nova York de diferente? Que tal o bairro de Williamsburg, novo reduto moderninho da cidade? No bar The Ides, no terraço do hotel Wythe, o sucesso é ver o pôr do sol enquanto aprecia os prédios de Manhattan. Além disso, o bairro conta com diversas opções de bares (The Commodore e Union Pool são mais em conta), restaurantes alternativos (como o Fette Sau BBQ) e lojinhas de artigos vintage. Sem falar na Smorgasburg Market Flea, mistura de feira, brechó e venda de garagem, com um cardápio que satisfaz carnívoros e veganos.

DUBBI  adicionou foto de Nova York Foto 2

Divulgação/Shutterstock

Inverno
Há muito o que fazer em Nova York no verão ou no inverno, mas a principal diferença é que nos meses de novembro, dezembro e janeiro (ápice do frio), não dá para curtir muito os lugares mais abertos, como o Central Park e a Ponte do Brooklyn, avisa Neli Terra, de Natal. Quer dizer, depende do ponto de vista, pois para Beatriz Nunes, nessa época tanto o Central Park como a Estátua da Liberdade estão “lindos, cobertos de neve”. Para ela, é inviável passar muito tempo na Times Square, pois “o vento diminui ainda mais a sensação térmica”.

DUBBI  adicionou foto de Nova York Foto 3

Divulgação/Shutterstock

Vai nevar invariavelmente em janeiro? A resposta é não. Pode ser que neve, mas pode ser que não neve. A única certeza é o frio, garante o viajante Ciro Marcial Roza Junior, que também é adepto do Central Park com neve. “Eu poderia passar o dia inteiro lá”, conta. O maior problema do inverno, avalia Ciro, são as nevascas, terror dos passageiros de aeroporto. “Às vezes você não consegue sair na rua tamanha a espessura. Quando voos são suspensos, acontece de as empresas não fornecerem hotéis, porque não tem previsão de embarque. E a cidade está cheia como um formigueiro”, relata.

Não importa o que vai fazer em Nova York no inverno, vá bem agasalhado, recomenda Márcio Lira, de Manaus.

Times Square
O que fazer em Nova York? Definitivamente, passar pela Times Square em algum momento. É o ápice do turismo nova-iorquino, a região mais movimentada da cidade, e provavelmente a mais retratada em filmes, com seus painéis gigantescos das lojas e outdoors publicitários. É importante se situar: a Times Square está dentro do Theater District, região que concentra os principais teatros da Broadway.

DUBBI  adicionou foto de Nova York Foto 4

Divulgação/Shutterstock

Comece pela escadaria vermelha, o ponto mais disputado por quem busca o que fazer em Nova York na Times Square. O gostoso é sentar por lá e só observar o vai e vem de pessoas do mundo inteiro. Se possível, esteja lá às 23h57, quando começa a intervenção artística “Midnight Moment”, que vai até meia-noite. São três minutos com os telões em sincronia mostrando a animação de um artista escolhido (já passaram por lá de One Direction aos irmãos brasileiros Os Gêmeos). Desde 2012, tem uma audiência de 2,5 milhões de pessoas por ano.

Os chocólatras de plantão devem estar avisados que, ao passar pela 48th Street, darão de cara com M&M´s gigantes convidando a conhecer a loja. Os chocolates estão por todos os cantos dos três andares do prédio, com as mais diferentes combinações de estilo e sabor. Para não pesar no bolso, pegue um tubo de M&M´s e sirva-se no estilo self-service, que sai mais em conta.

DUBBI  adicionou foto de Nova York Foto 5

Divulgação/Shutterstock

É claro que na Times Square existem muitos cafés, bares, restaurantes e lojas de todos os tipos, mas nesses deixamos você à vontade para escolher o que mais lhe agrada. Prosseguindo com as dicas culturais do que fazer em Nova York na Times Square, o Discovery Times Square trata-se de um museu interativo com exposições temáticas do Discovery Channel, no porão do antigo prédio do jornal The New York Times. Algumas das mais famosas que já passaram por lá são "A Oficina de Leonardo Da Vinci", "Titanic: A Exposição de Artefatos" e "The Art of the Brick", construções incríveis com legos.

O Madame Tussauds, museu de bonecos de cera presentes em várias cidades do planeta, está no coração de Nova York. Ele é um dos melhores do mundo no gênero, com réplicas realistas de personalidades e celebridades, retratadas sempre no auge da carreira. Tem brasileira na lista, a modelo Adriana Lima.E personagens do mundo da ficção, como Hulk.

New York Pass
Não importa o que vai fazer em Nova York, comprar o New York Pass vale muito a pena, principalmente se é a primeira vez na cidade e tem que conhecer os lugares mais turistões de NYC que não são gratuitos (como Observatório do Empire State, Museu de História Natural, Estátua da Liberdade, aluguel de bicicleta no Central Park, Memorial do 11 de setembro, dentre outros). Trata-se de um cartão com chip, que você escolhe o tempo de duração (1, 2, 3, 5, 7 e 10 dias), com preço determinado para cada um (a partir de US$ 109 para um dia), e dá entrada a 80 atrações (isso mesmo, oitenta!).

DUBBI  adicionou foto de Nova York Foto 6

Divulgação/Shutterstock

É importante saber algumas coisas antes de comprar um New York Pass:

- Cada atração só pode ser visitada uma vez. Faça os passeios que sairiam mais caros individualmente, para compensar o valor desembolsado no passe.  

- Não compre o passe para todos os dias que for ficar em Nova York. É interessante aproveitar passeios gratuitos pela cidade que não constam na lista dos 80.

- Compre só no site oficial. É comum oportunistas aplicarem golpes pela cidade, oferecendo cartões usados ou vencidos.

Onde patinar
Uma das coisas mais coisas do que fazer em Nova York é patinar no gelo. A cidade oferece diversas opções, mas algumas são mais legais que as outras. O viajante Guilherme Nicholas, que mora em Nova York atualmente, recomenda dois desses: O Bryant Park e o Rockefeller Center.

O primeiro é mais casual, pois a pista de patinação no gelo do Bryant Park já está aberta ao público, com entrada de graça, sendo necessário apenas alugar o patins por US$ 20. Isso no inverno, claro, pois no verão o centro da praça recebe um lindo gramado ideal para piquenique.

Já o Rockefeller Center é onde as pessoas que realmente querem patinar vão. Afinal, quem não se lembra do filme "Esqueceram de Mim 2?" Não que os tombos não sejam comuns por lá também, pois novatos podem fazer aula no rinque de patinação por US$ 50, com meia hora de duração. Reserve com antecedência, no site oficial, o lugar para patinar, pois na hora a fila será grande. Adultos pagam US$ 27.

DUBBI  adicionou foto de Nova York Foto 7

Divulgação/Shutterstock

Tem mais dicas do que fazer em Nova York? Deixe nos comentários e inspire viajantes!

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

Já imaginou fazer uma viagem 100% personalizada e feita sob medida para você?!

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em criar roteiros 100% personalizados e sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e interesses e recebe uma consultoria grátis de um Especialista de viagens. Após fazer o orçamento, basta realizar o pagamento que o Instaviagem organiza toda a sua viagem do começo ao fim!

Recomendamos para você:

Viajantes também leram:

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para que pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.