Intercâmbio nos Estados Unidos – Vale a pena?


  Estados Unidos, América do Norte, Chicago  1356 visualizações

Minha viagem para Chicago foi a primeira internacional e também a primeira que fui sozinho, e olha, foi um baita aprendizado. Viajar sozinho faz com que desenvolvamos habilidades necessárias para o dia a dia, e que inclusive são muito procuradas no mercado de trabalho. Temos que ser organizados, nos comunicar, ser pró ativos, resolver problemas e por ai vai.

Beneth Santana Torquato adicionou foto de Estados Unidos,América do Norte,Chicago Foto 1


Nessa viagem em especial, o que mais aprendi foi como resolver problemas, pois foi o que mais aconteceu. Tive problemas com o voo de ida, pra entrar no país, pra achar a mulher que ia me hospedar e pra fechar o pacote, problemas também no voo de volta. É tanta coisa que vou criar um post só pra contar os perrengues.


Intercâmbio em Chicago

O objetivo principal dessa viagem era aperfeiçoar o inglês. Estudei a língua no Brasil pelo período de 4 anos, o que me deixou apto a escutar, escrever e ler com facilidade. Porém, na fala ainda sentia dificuldades.

Fui para fazer um curso intensivo de inglês com duração de duas semanas. Fui para Chicago pois era a opção mais barata, e de quebra ainda poderia conhecer a “casa” do Chicago Bulls, time de Michael Jordan.

Hospedagem em casa de família


Tipo de hospedagem muito comum em intercâmbios, ficar em casa de família é uma excelente opção. Além de mais barata que hotéis, você tem a oportunidade de fazer parte do dia a dia de um habitante do país. Isso torna a experiência toda muito mais rica e construtiva.

Beneth Santana Torquato adicionou foto de Estados Unidos,América do Norte,Chicago Foto 2


Fiquei na casa da Kathy, uma pessoa extremamente gentil, simpática e bondosa, que dividia sua casa com Chico, o cachorro. Kathy me ajudou de todas as maneiras possíveis. Me levou a pontos turísticos, restaurantes bacanas e até me acompanhou até a escola um dia antes das aulas começarem, para que eu aprendesse o caminho. Um exemplo de anfitriã!

Chico The Dog, era um cachorro dócil e companheiro, passava um bom tempo me acompanhando pela casa. Mas também era malandro, sempre que podia roubava comida. Um dia cedo, quando entrei na cozinha, flagrei Chico em cima da mesa, na esperança de encontrar algo. O mais engraçado foi a reação dele, que ficou me olhando com uma cara de “se eu ficar parado ele não vai me ver”.

Beneth Santana Torquato adicionou foto de Estados Unidos,América do Norte,Chicago Foto 3


Como todo cachorro, Chico era esperto e sabia o horário em que Kathy chegava em casa, e todo dia a esperava no sofá, ao lado da porta. E sempre olhando pela janela, mesmo que a cortina estivesse fechada.

Beneth Santana Torquato adicionou foto de Estados Unidos,América do Norte,Chicago Foto 4


Os dois formavam uma bela dupla, e fizeram de minha experiência em Chicago a melhor possível.

Estudar nos Estado Unidos


Estudar inglês nos Estado Unidos foi fantástico, meu nível de proficiência aumentou de forma incrível. O fato de estar no país que fala a língua estudada faz com que o nível de aprendizado aumente consideravelmente. Além de estudar, temos que conversar e fazer as tarefas do dia a dia em inglês.

Como tive apenas duas semanas de férias para fazer esse intercâmbio, escolhi pelo curso intensivo, que era das 8:00 as 16:00, de segunda a sexta. A escola foi a Kaplan, que tem um bom sistema de ensino e professores excelentes.

Beneth Santana Torquato adicionou foto de Estados Unidos,América do Norte,Chicago Foto 5


Minha dica: Não converse em português! O que você mais vai encontrar são brasileiros, e nós temos a mania de conversar em português quando nos encontramos em outros países. Na minha sala, 40% dos alunos eram brasileiros, e colocamos como regra nunca conversar em português. Assim mantivemos o foco em aprender a língua inglesa, e funcionou perfeitamente.

Ao final do intercâmbio, a diferença no meu inglês era gritante. Cheguei em Chicago com dificuldade em falar, e em apenas duas semanas estava falando inglês com a mesma naturalidade do português. Hoje a minha recomendação é a seguinte: Aprenda o básico aqui no Brasil, e ao invés de gastar uma fortuna em cursos, faça um intercâmbio. O rendimento vai ser maior e o crescimento pessoal incomparável.

Faça um intercâmbio!


Aprender inglês é fundamental hoje em dia, e para isso, nada melhor que um intercâmbio nos Estado Unidos. Uma experiência como essa muda nossa vida. Nos faz sair da zona de conforto, e com isso passamos a ver o mundo de outra maneira.

Além de voltar com um nível melhor da língua inglesa, também trazemos novas experiências e novas amizades. E de quebra ainda tem-se a oportunidade de conhecer uma nova cultura!

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para Estados Unidos, América do Norte, Chicago,

PLANEJAR MINHA VIAGEM

Recomendamos para você:

Viajantes também leram:

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para que pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.