Larissa Rossi

Primeira viragem para o exterior

Eu pretendo viajar daqui a mais ou menos 3 anos, começar a planejar tudo agora é bobagem ? Gostaria também de algumas dicas para planejamento.

Meu perfil de viagem: Aventureiro, Caçador de Artes e Design, Gastronômico, Historiador, Compras e Luxo, Natureza, Romântico

Responda a dúvida de Larissa

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

6 Respostas

Relatos de Viagem  - Laís

MELHOR RESPOSTA

Relatos de Viagem  - Laís Florianópolis

respondeu 2 anos atrás

Oi Larissa! Nunca é cedo pra começar a planejar um sonho.. então siga em frente.. comece guardando dinheiro, acompanhe os preços das passagens, conheça mais o seu destino e o que pretende fazer lá..

Joao Vedovello

Joao Vedovello

respondeu 2 anos atrás

Olá Larissa, tudo bem?

Você está certíssima de começar a planejar desde já. Na verdade, é exatamente durante o planejamento que a viagem acontece... pensar no que ver, no que comer, em quais cidades passear... tudo isso é a parte mais gostosa da viagem... quando acontecer, será a cereja do seu bolo.

Para que seu planejamento comece a ganhar forma é importante definir:

* Quantos dias você teria disponível para ficar por lá?

* Se você tivesse que fazer uma lista de países ou cidades que você sempre sonhou conhecer, qual seria a ordem do mais importante para o menos importante?

Com estas duas informações básicas, você pode começar a pensar num roteiro.

Eu recomendo que você sempre fique alguns dias em cada cidade ou país, pois assim você consegui curtir a cidade (capital, por exemplo) e um pouco dos passeios ao redor.

Com isso, você começa a definir quais são as suas "cidades bases"... por exemplo:

Paris (cidade base): Versalhes, Beaune, Vincennes, Giverny são algumas das cidades que você pode visitar por perto.

Madrid (cidade base): Toledo,Segóvia, Avila são algumas cidades próximas.

Roma (cidade base): Assis, Nápoles, Siena são algumas opções ao redor.

E assim sucessivamente.... eu faria 3 ou 4 cidades básicas... lógico que a vontade é conhecer toudo, ficar um pouquinho em cada lugar... mas você teria que correr bastante e perderia a chance de aproveitar as cidades plenamente.

Os meses de Julho e Agosto são os meses mais agitados, cidades mais cheias e, por conseguinte, preços mais elevados em diárias e alimentação. Os dias são mais longos e você terá sol até umas 21h00, por exemplo.

O mês de Janeiro, por conta do inverno, costuma ser um pouco mais barato. Mas anoitece mais cedo também. Tem um charme diferente.

Se você tiver a liberdade de tirar férias em qualquer mês, Março, Abril, Setembro e Outubro são bons meses. Uma espécie de meio termo entre o inverno mais rigoroso e o verão mais escaldante.

O transporte é excelente, independente do modelo que você use. Metrô e ônibus dentro das cidades, trem ou voos para se deslocar para outras cidades.

Espero ter ajudado.

Abraços.

Renata Luiza S. Brito

Renata Luiza S. Brito Porto Velho

respondeu 2 anos atrás

Olá Larissa,

Concordo com a Aline, você não conseguirá comprar nada com tanta antecedência, então guardar dinheiro, ir comprando dólar é sempre uma boa opção.

Em minha opinião, você deve definir primeiro para onde gostaria de ir e a época do ano. Gostaria de conhecer o que? Montanhas? Praia? Neve? Fazer compras? Ir a museus? Estudar Linguas? Fazendo um refinamento de direção, você consegue filtrar melhor suas opções. Definir um objetivo...

Minha primeira viagem internacional foi pro Canadá - Vancouver. Eu precisava tirar o exame de proficiência, então optei por fazer um curso por lá e prestar a prova. Meu objetivo era estudar, então, pesquisei os países que ofereciam curso de inglês dentro de universidades, por que eu não queria fazer intercambio em escolas convencionais. Encontrei nos EUA e Canadá. Optei pelo Canadá por questões financeiras, ficava mais barato pelo dólar em si e consegui negociar bem. Comprei com bastante antecedência, então pude ir pagando aos poucos para não pesar.

Eu fiquei em homestay, também por que era a melhor opção financeira. Não morei em Downtown em Vancouver, porém, não tive nenhum problema de deslocamento.

Seguro saúde é de extrema importancia e dependendo do tempo que terá disponível para ficar, sugiro comprar um com uma cobertura legal. Um excelente custo benefício é o Assist Card, sempre viajo com ele, mesmo aqui pela América do Sul.

Quando cheguei lá, já tinha feito o que a Aline também mencionou, já tinha pesquisado tudo, inclusive linhas de metrô e onibus, mapeado pontos turísticos e cidades que gostaria de visitar no país e todas as suas atrações.

Espero ter ajudado!!

Aline Maia

Aline Maia São Paulo

respondeu 2 anos atrás

Larissa,

NY foi minha primeira viagem sozinha.

Não conseguirá comprar nada com tanta antecedencia assim, entao minha humilde opinião, junte de 6 a 10 mil reais para essa viagem e quando conseguir, comece a comprar as coisas aos poucos: passagem, hotel, tickts, dolar, etc.

Pesquise muito!

Se não tiver o dinheiro agora, vá estudando o mapa, pra saber onde fica cada ponto turistico, e quando chegar lá se sentir em casa.

Para quando tiver dinheiro na mão, já saber a melhor localização do hotel (pois já conhecerá bem o mapa) e faltará decidir as datas.

NY não é bom para compras, então recomendo que não vá com esse foco. Pois tudo de lançamento das melhores marcas estão lá. Consequencia disso, lançamentos não são baratos.

Enfim... Se joga, vai juntar dinheiro, planejar e viajar. Pq chegar lá e realizar esse sonho não tem preço!

Caram Marcelo

Caram Marcelo Rio de Janeiro

respondeu 2 anos atrás

Larissa,

A viagem já começa no planejamento, então, quanto mais estudado e planejado é melhor!

Eu, sempre que planejo uma viagem, leio muito sobre o país, principalmente, o que diz respeito a costumes, tradições e trato com pessoas, além dos pontos turísticos, onde comer e me hospedar.

O primeiro passo para um bom planejamento, independente, do país de escolha é guardar grana. As vezes é fácil, mas pode ser uma tarefa difícil, por conta das obrigações do dia-a-dia.

Contudo, viajar não precisa de muito dinheiro, mas para viajar deve-se gastar um pouco, desde o planejamento até a viagem propriamente dita!

Além da grana, o legal é desenvolver o habito de acompanhar a variação dos preços de passagens por destinos, que pode ser feito em sites de viagem, de companhias áereas, mídias especializadas em turismo e blogs (este último é uma ótima ferramenta). O essencial é se abastecer de informações para ter um planejamento mais real.

Uma dica valiosa... nunca se deve viajar sem seguro. Pode parecer um investimento desnecessário, mas não é!

Abraços,

Caram

5k Miles Por Aline Robichaux

5k Miles Por Aline Robichaux New Orleans

respondeu 2 anos atrás

Oi Larissa! Você está super certa de planejar sua viajem o mais cedo possível.

Eu fiz um post sobre planejamento de intercâmbio no exterior / o que também pode ser muito útil para viagens turísticas, e acho que este post pode te ajudar bastante!

Escrevi sobre 10 coisas que você precisa pensar ao planejar sua viagem! o link é este aqui.

Espero muito que te ajude!

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para Nova York,

PLANEJAR MINHA VIAGEM

Responda a dúvida de Larissa

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

Recomendamos para você:

Perguntas que os viajantes também leram...

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.