Diversidade cultural

De todas as suas experiências em suas viagens, o que mais te surpreendeu culturalmente no lugar visitado? Passou algum sufoco por causa das diferenças culturais? Aprendeu alguma coisa e acabou trazendo para sua vida?

Meu perfil de viagem: Aventureiro, Mochileiro, Natureza

Responda a dúvida de Rhode Tatiane

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

6 Respostas

Cintia Costa

MELHOR RESPOSTA

Cintia Costa Porto Alegre

respondeu 2 anos atrás

Graças a Deus ainda não passei nenhum sufoco pelas diferenças culturais... Tomara não passar... sempre estudo a cultura de onde vou justamente para evitar.

Talvez posso falar, da falta de paciência dos americanos, não falo inglês fluente e vejo q muitos ficam irritados com isso, mas eu não tô nem aí para eles....

Aprendizado... simmm... em todasss. ... cada país, cada estado, cada cidade q visitei aprendi muito... muito mais do q aquelas aulas chatas de histórias da escola rsrsrs 

O que presencio sempre são problemas com táxis... falam do Brasil, mas já tive problemas nos USA, na Itália, Grécia, Argentina, Londres.... Me surpreendi na última viagem, na Croácia, nos pontos de táxis tem placas com os valores em Kunas (moeda local) e Euro, muito honestos, sérios e organizados. 

Resumindo é isso....

E  vcs?

Analuiza Carvalho (Espiando Pelo Mundo)

Analuiza Carvalho (Espiando Pelo Mundo) Salvador

respondeu 2 anos atrás

oi Rhode... vou citar duas viagens: Japão e Rússia. Ambos são países difíceis para nós por causa do alfabeto completamente diferente do nosso e pelo fato de ter encontrado poucas pessoas falando inglês. 

Tanto em um quanto em outro os sufocos eram tentar achar os lugares, se perder, não achar, gastar um tempo enorme em busca de ruas e lugares. Um clássico para mim foi o adoçante: como não conseguia me fazer entender, o abandonei de vez e hoje só tomo café puro.

Um dia, em Peters, o cardápio todo em cirilico, tivemos que observar o que as pessoas pediam e quando nos agradou, pedimos o mesmo. 

No Japão foi um pouco mais complicado poque a cultura oriental é muito distinta da nossa. Demorei de me entender com a comida e muitas vezes deixei tudo no prato. 

No Japão aprendi a relaxar e a aceitar o que era possível e foi um divisor de águas em minha vida de viajante. Eu até escrevi sobre isso: https://goo.gl/W7fCzc

bj Ana

Nanda Souza

Nanda Souza São Paulo, São Paulo, Brasil

respondeu 2 anos atrás

Esta é uma pergunta para varias linhas de respostas, mas sempre tento conhecer um pouquinho de cada local. Gosto de caminhar a pé, despretenciosa, sentar em locais nao turisticos e tentar travar uma conversa com os locais.

Gosto de viajar de carro e parara em pequenas cidades ou vilas, mas se isso nao for possivel, ir em locais que tambem sao menores ou frequentado pelos moradores.

Tambem gosto muito de experimentar a culinaria local e se possivel ja ler antes sobre o local a ser visitado para conhecer um pouco dos costumes e historia

Mas sempre valorizamos o que nao temos aqui né? a questao do respeito pelo cidadão, limpeza de locais publicos e zelo por eles é algo que nao encontro no Brasil e na europa foi algo que aprendi muito qdo morei la e sempre levei comigo este aprendizado.

Beijao

Nanda

Rosana Oliveira

Rosana Oliveira Cerquilho

respondeu 2 anos atrás

Olha sufoco ainda não. .Mas pode ocorrer né. .. me perdi nas vielas de Praga, achei o máximo, pois conheci vários lugares,  igrejas que ficam escondidas, depois achei um metro e votei para o local de partida. .. e acho que faz parte de todo viajante. ..em relação cultura também não, respeito a vida de cada um, e sempre procuro saber como é a cultura de cada país antes de ir. ..

Elaine Moraes

Elaine Moraes Campinas

respondeu 2 anos atrás

Oi Rhode!

Quando estive no Líbano,estendi minha viagem ate a Siria.Aluguei um carro com motorista e fui .Passei vários sufocos já começando na fronteira terrestre .Foi uma dificuldade atravessar,fiquei mais de uma hora parada no guiche olhando pra cara do atendente que ficava me olhando de forma estranha,enquanto o motorista tratava da nossa entrada.Por fim fui.Mas vários outros sufocos eu pássei,até em hotel,eu queria reclamar de algo e não podia,mulher não pode falar nada,tem que ficar quieta,tudo era o motorista que tinha que falar,buscar,fazer...afff,tive problemas até para tirar fotos livremente de alguns lugares.O aprendizado é aprender a respeitar estas diferenças,sejá lá onde estiver e frear alguns impulsos tambem  . Nem tudo são flores em viagens!

Caram Marcelo

Caram Marcelo Rio de Janeiro

respondeu 2 anos atrás

Sufoco, nunca! Agora, boas lembranças, tenho várias!!!

Como a simpatia dos nicaraguenses, a presteza dos russos, a educação dos ingleses e uruguaios e por aí vai!

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para Ásia, América, Europa, África, Oceania,

PLANEJAR MINHA VIAGEM

Responda a dúvida de Rhode Tatiane

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

Recomendamos para você:

Perguntas que os viajantes também leram...

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.