Se for de paz, pode entrar!


  Bahia, Brasil  3085 visualizações

Analuiza Carvalho (Espiando Pelo Mundo) adicionou foto de Bahia,Brasil Foto 1

Casados por mais de 50 anos, o casal de escritores Zélia Gattai e Jorge Amado aproveitaram a vida: conheceram pessoas, curtiram os amigos, formaram uma família, escreveram livros de sucesso, viajaram o mundo e construíram uma casa linda.

A casa, na Rua Alagoinhas, 33, no bairro boêmio do Rio Vermelho, em Salvador, na Bahia, virou casa-museu e tornou-se um dos atrativos mais bacanas da cidade de tantos encantos e de muito axé!

Analuiza Carvalho (Espiando Pelo Mundo) adicionou foto de Bahia,Brasil Foto 2

Analuiza Carvalho (Espiando Pelo Mundo) adicionou foto de Bahia,Brasil Foto 3

Se você é de paz, pode entrar! A casa é cheia de alma e energia e conta um pouco da história do casal, onde os personagens dos livros de Jorge se confundem e se misturam com os personagens reais que visitaram a Casa do Rio Vermelho. Foram inúmeros: Isabel Allende, Sartre e Simone de Beauvoair, Pierre Verger, Roman Polanski e Caribé, que veio para Bahia descobrir Jubiabá. Os vencedores do prêmio Nobel de literatura Mario Vargas Llosa e Gabriel Garcia Márquez.

Personagens sem conta (reais e imaginários) habitaram e continuam habitando, perambulando por todos os ambientes: podemos ouvir suas vozes durante toda a visita.

Analuiza Carvalho (Espiando Pelo Mundo) adicionou foto de Bahia,Brasil Foto 4

Analuiza Carvalho (Espiando Pelo Mundo) adicionou foto de Bahia,Brasil Foto 5

Logo que entramos, nos deparamos com um lindo e exuberante jardim, repleto de flores coloridas e árvores frutíferas. Uma trilha nos permite caminhar por ele e para mim teve aroma de infância. Facilmente nos esquecemos de que estamos em um dos bairros mais movimentados da cidade.

A casa é estilosa e carrega por todo lado referências da intensa vida de seus donos. Tem cara de casa de praia, carregada de informações e originalidade mostrada através dos inúmeros objetos trazidos de outros países distribuídos aqui e acolá.

Adeptos do candomblé, religião trazida ao Brasil pelos escravos africanos, há muitas referências aos orixás na casa. Nas paredes há quadros da cultura nordestina de Cordel e placas diversas. O piso é um mosaico. Há portas vermelhas, móveis azuis e bancos amarelos, em uma explosão de cores que estimulam nossos sentidos.

Analuiza Carvalho (Espiando Pelo Mundo) adicionou foto de Bahia,Brasil Foto 6

Analuiza Carvalho (Espiando Pelo Mundo) adicionou foto de Bahia,Brasil Foto 7

Há muito que explorar na Casa do Rio Vermelho: salas e quartos foram transformados em pequenas partes desse museu, onde cada um conta um pedaço da historia de Jorge e Zélia.

Ali encontramos curiosidades: as diferentes capas em diversos idiomas dos livros dele traduzidos e as bonecas de pano feitas por ela com inspiração em seus netos.

Entre uma história e outra podemos parar para tomar um café e apreciar um lanche tipicamente baiano na cafeteria enquanto ouvimos o sussurro das plantas no jardim.

O lugar é mágico: tem a cozinha, deliciosa e tipicamente baiana, colorida, forte e quente de D. Flor, o quarto dos amantes e amores: doces e delicados, sensuais, apaixonados e apaixonantes. Temos as cartas que Jorge e Zélia trocaram com os amigos: joias preciosas!

Veríssimo escreve e conta que está trabalhando em O Tempo e o Vento! Monteiro Lobato diz que Mar Morto é bárbaro e referencia a belíssima Igreja da Conceição da Praia acrescentando que os livros de Jorge "revelam uma força da natureza". 

Analuiza Carvalho (Espiando Pelo Mundo) adicionou foto de Bahia,Brasil Foto 8

Jorge levou a Bahia para o mundo e eles viajaram o mundo: em um tempo em que era muito difícil viajar eles se aventuraram pela Rússia e Mongólia, entre muitos outros países. Viajantes de alma, eu me atreveria a dizer!

Quando eu soube que a Casa do Rio Vermelho seria aberta ao público, depois de 11 anos fechada e meio abandonada, eu fiquei muito feliz. Jorge e Zélia são patrimônios nossos: da Bahia, do Brasil e do mundo. Seus livros contam a nossa história, falam de nossa gente. 

Fiquei mais feliz ainda quando vi turistas de diversas partes, incluindo estrangeiros, em uma deliciosa babilônia de sotaques. Sentei um momento para observa-los e o que eu vi nos olhos de todos foi admiração por aquele lugar tão especial. 

Não existe um roteiro para percorrer a casa: ela é interativa, com algumas informações em inglês, mas há monitores muito simpáticos e disponíveis para tirar as nossas dúvidas e responder a quaisquer perguntas que tenhamos. 

Eu sou de paz, por isso entrei!

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

Paula Guimarães

Paula Guimarães comentou 3 anos atrás

Ótimo post, espiando textos como esse nos inspira !

Miriam Munir

Miriam Munir comentou 3 anos atrás

Ana, adoro te acompanhar por aqui. Suas fotos, seus textos, seu ponto de vista, sua escrita fácil! Ah! Meus parabéns!

Analuiza Carvalho (Espiando Pelo Mundo)

Analuiza Carvalho (Espiando Pelo Mundo) comentou 3 anos atrás

oi Paula! Muito obrigada por suas gentis palavras! Ana

Analuiza Carvalho (Espiando Pelo Mundo)

Analuiza Carvalho (Espiando Pelo Mundo) comentou 3 anos atrás

Oi Miriam! Nossa que palavras bonitas! Obrigada pelos elogios!! Adorei!!! Ana

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para Bahia, Brasil,

PLANEJAR MINHA VIAGEM

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para que pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.