O que fazer no Rio


  Rio de Janeiro

Não existe prova maior de que a Cidade Maravilhosa é cheia de encantos mil do que o sentimento de “não quero ir embora” que bate na gente toda vez que a viagem para o Rio de Janeiro acaba. O lado positivo dos encantos infinitos é a possibilidade de sempre voltar, afinal, há muito o que fazer no Rio. É a clássica cidade em que uma viagem nunca será igual à anterior, até porque as opções se renovam constantemente.

DUBBI  adicionou foto de Rio de Janeiro Foto 1

Foto: Ipanema/Arquivo Pessoal

Quer uma pequena mostra do que fazer no Rio? O Dubbi dá para você duas boas dicas: região portuária e Santa Teresa. Sem pressa nelas, ok?

Rio revitalizado
O carioca enfrentou anos de caos e trânsito com inúmeras obras, reformas e demolições para repaginar áreas centrais que estavam completamente degradadas. Não que tudo tenha terminado, mas quem passa na região dos portos atualmente mal consegue lembrar de como era a área há alguns anos atrás. Agora, se tornou uma das regiões com mais opções do que fazer no Rio.

Um exemplo evidente da mudança está na Praça Mauá, bem no início da avenida Rio Branco, ao lado da Parada dos Museus. Antes, viadutos cortavam a região, e prédios abandonados atraíam de tudo, menos turistas. Na época dos Jogos, era ali que turistas do mundo inteiro se reuniam em clima de confraternização, em uma verdadeira festa a céu aberto, no que ficou conhecido como “Boulevard Olímpico”. E hoje funciona como um ponto de selfies em meio aos letreiros de “Cidade Olímpica”, que ainda continuam por lá.

As selfies, aliás, têm como pano de fundo o Museu do Amanhã, um item praticamente obrigatório para quem busca o que fazer no Rio para observar essas mudanças que estamos falando. O nome, aliás, não poderia ser mais propício neste momento de grave crise fiscal e política (dois ex-governadores foram presos semana passada) que o Estado do Rio de Janeiro enfrenta, e que nós torcemos que sejam superadas o quanto antes, em um amanhã próximo. 

DUBBI  adicionou foto de Rio de Janeiro Foto 2

Foto: Museu do Amanhã/Arquivo Pessoal

O Museu do Amanhã tem uma proposta única e original. Ele é na verdade uma mega-exposição sobre a trajetória do planeta, apresentada de maneira interativa, como se fosse um game em realidade virtual. O que você vê não será a mesma coisa do que o visitante que passar pelo mesmo local meia hora depois. Mas, muita atenção: o hype do museu está lá em cima, o que significa uma espera imensa. Por isso, a dica valiosa é comprar o ingresso antes pela internet, que aí você “fura a fila”.

Ainda na região, recheando as opções do que fazer no Rio, está outro museu, também novinho em folha, o Museu de Arte do Rio (MAR), inaugurado em 2013. Ele tem dois prédios, um mais novo, todo moderno, e outro antigo, o Palacete Dom João VI, interligados por uma cobertura suspensa que simula a ondulação da água. Suas exposições tentam combinar história da cidade do Rio com arte contemporânea em todos os tipos de mostras.

DUBBI  adicionou foto de Rio de Janeiro Foto 3

Foto: Museu de Arte do Rio/Arquivo Pessoal

E, o mais recente de todos, o AquaRio, abriu as portas no final de outubro. Trata-se do maior aquário marinho da América do Sul. Os números são gigantescos: abriga 4,5 milhões de litros de água salgada divididos em 28 tanques e reúne cerca de oito mil animais de 350 espécies. Entre as espécies expostas estão peixes da costa brasileira, do Caribe e do Indo-Pacífico, como tubarões, arraias, moreias e cavalos-marinhos. Consolida, por fim, a revitalização da região portuária do Rio.

Santa Teresa
Para quem busca o que fazer no Rio longe das praias, conhecer o hype de Santa Teresa é uma atração e tanto. O bairro está cada vez mais presente nos guias sobre a cidade, e não é para menos. É um charme só!

DUBBI  adicionou foto de Rio de Janeiro Foto 4

Foto: Santa Teresa/Arquivo Pessoal

Mas, antes de falar dele, é preciso falar do Bonde de Santa Teresa, reaberto em janeiro de 2016 após cinco anos parado (desde o trágico acidente de 2011). Tudo está moderno e seguro, os bondinhos estão novos e confortáveis. Aliás, a notícia é ainda melhor: o trecho de 800 metros, entre a Rua Francisco Muratori, na Lapa, e o Largo do Curvelo, em Santa Teresa, voltou a operar, após nada mais, nada menos do que 50 anos desativado.

Não há muitas sinalizações para encontrar o início do bonde, que fica no Terminal de Bondes Santa Teresa. Mas siga o prédio da Petrobras (que parece uma peça de Lego), que não tem erro, estará na ruazinha Lélio Gama, logo ao lado.

A viagem, até fim de novembro, continuará de graça para moradores e turistas. Depois, somente moradores cadastrados não pagarão entrada, e visitantes terão que desembolsar R$ 20. Por enquanto, o horário de funcionamento, de segunda a sexta, é das 6h30 às 16h15, e, aos sábados, das 10h às 18h. Mesmo perdendo a cortesia, continuará sendo uma das melhores opções do que fazer no Rio.

DUBBI  adicionou foto de Rio de Janeiro Foto 5

Não sei se você sabe, mas o caminho do bonde passa por cima dos Arcos da Lapa (sim, há uma função para os Arcos além de cartão-postal do bairro boêmio). Depois de avistar a Catedral de São Sebastião, a Fundição Progresso, o Circo Voador e a Sala Cecília Meireles, o bonde entra, de fato, no bairro. São ruas estreitas e íngremes em calçadas de paralelepípedo.

Após pouco mais do que cinco minutos chega-se até a primeira parada, o Largo do Curvelo, em que é possível descer, ou seguir viagem até o Largo dos Guimarães, a próxima e última parada (por enquanto, pois o roteiro completo continuará Santa Teresa adentro).

Neste segundo ponto, nem bem o viajante sai do bonde e já de cara com o Cine Santa Teresa, com programação alternativa, com filmes à tarde e à noite. A graça por lá é andar a pé e conhecer cada estabelecimento: são restaurantes, lojinhas de souvenirs, cafés. Uma descoberta atrás da outra. Por exemplo, numa charmosa casinha azul no topo de uma escadaria está o Largo das Letras, combinação perfeita de livraria e café.

Ao chegar no Largo do Curvelo, procure a placa que orienta até o Parque das Ruínas. É de lá que deve ver o pôr do sol se estiver em Santa Teresa no adeus do sol. A vista para a Baía de Guanabara e o Morro da Urca é simplesmente sensacional. Se ainda estiver claro na hora de ir embora, desça a pé para terminar de apreciar a atmosfera inigualável: casas coloridas, grafites e pinturas espalhadas, macaquinhos andando nos postes e gatinhos nos muros das casas. Cuidado na rua: carros e ônibus sobem e descem correndo em meio às curvas.

DUBBI  adicionou foto de Rio de Janeiro Foto 6

Foto: Vista do Parque das Ruínas/Arquivo Pessoal

Ao fim, chega-se no coração da Lapa. Procure um bar para brindar o dia com uma cerveja, e faça novos amigos (é muito fácil conhecer gente nova no Rio, basta querer).

O que mais fazer no Rio?
Os passeios clássicos são sempre bacanas. Entram na lista calçadões de Copacabana e Ipanema, andar na Lagoa Rodrigo de Freitas, subir o Corcovado para dar um alô ao Cristo Redentor, subir o Pão de Açúcar para pegar o bondinho mais famoso do Brasil.

Menos clássico, mas ótima opção para quem busca o que fazer no Rio, está o Parque Lage (próximo à parte norte da Lagoa Rodrigo de Freitas), com um verde maravilhoso e bem rente à base do Corcovado, ou seja, o Cristo Redentor fica bem “próximo”.

DUBBI  adicionou foto de Rio de Janeiro Foto 7

Foto: Parque Lage/Arquivo Pessoal

Para ver um pôr do sol, o viajante pode escolher entre dois: o do Arpoador ou da Mureta da Urca, ambos igualmente belos.

DUBBI  adicionou foto de Rio de Janeiro Foto 8

Foto: Pôr do sol da Mureta da Urca/Arquivo Pessoal

Tem mais dicas do que fazer no Rio? Deixe nos comentários e inspire viajantes!

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para Rio de Janeiro,

PLANEJAR MINHA VIAGEM

Recomendamos para você:

Viajantes também leram:

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para que pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.