O que fazer em Vitória (ES)


  Vitória  1936 visualizações

Capital menos popular do Sudeste, Vitória tem passado por uma série de transformações nos últimos anos para trazer cada vez mais turistas. E isso vem dando certo. O turismo cresce na cidade, assim como a vontade de novos viajantes em conhecê-la. Há muito o que fazer em Vitória, e o Dubbi conta a partir de agora.

DUBBI  adicionou foto de Vitória Foto 1

Praia de Camburi
Maior praia da capital, são quase 5 km de orla, e reúne muito do que fazer em Vitória. Nos últimos anos, ganhou uma roupagem revitalizada, para se modernizar e atrair mais turistas. Faz parte desse processo pontos de empréstimos de bicicletas para andar na ciclovia. Funciona da seguinte maneira: baixe o aplicativo no celular, cadastre um login e senha, preencha mais algumas informações, e, pronto, faz uma recarga de R$ 5,40, (ganhará uma hora grátis para passear e aproveitar sua bike).

DUBBI  adicionou foto de Vitória Foto 2

Sete novos quiosques “gourmetizados” também estrearam por lá, alguns deles com bancos estofados e bem decorados, que mais parecem um restaurante à beira-mar. Com uma boa procura, pode encontrar preços não tão gourmetizados assim, como uma boa salada por R$ 14. Sanduíches, crepes, wraps, petiscos, frutos do mar, filé mignon com fritas, o cardápio nesses novos lugares é bastante variado.

A praia é conhecida por ter uma faixa larga de areia, sempre recheada com muita gente tomando banho de sol, jogando vôlei ou curtindo os tradicionais shows que acontecem no verão. Não é a melhor praia para banho: com frequência as condições estão impróprias. No mar, tome sempre cuidado, pois algumas depressões tornam o solo perigoso. Três píers ao longo da orla atraem pescadores e turistas em busca das melhores fotos. No canto direito, o píer de Iemanjá (foto acima) é ponto de partida dos passeios de escuna, uma das mais agradáveis opções do que fazer em Vitória.

DUBBI  adicionou foto de Vitória Foto 3

Praia da Curva da Jurema
Hoje um dos lugares com mais oferta do que fazer em Vitória, a praia da Curva da Jurema não existia até 1978 (se você ouvir o nome praia do Aterro da Condusa, não se assuste, era o antigo nome do local). Isso porque uma complexa obra de engenharia mudou completamente a geografia do local, sumindo com algumas ilhas e criando novas praias.

DUBBI  adicionou foto de Vitória Foto 4Divulgação/Shutterstock

O visual por ali é belíssimo, de dia e de noite. A paisagem da praia é formada por coqueiros e outras árvores, areias branquíssimas e água bem azul, o trio perfeito de qualquer cidade litorânea. Sem contar a vista para as ilhas do Frade e do Boi. Diferente do trecho de mar em Camburi, na Curva da Jurema as águas são tranquilas, sem ondas, boas para dar um mergulho. Dezenas de quiosques servem petiscos e frutos do mar, além da tradicional culinária capixaba.

Se há muito o que fazer em Vitória, parte se deve a Curva da Jurema. Sua vida noturna é agitada por causa de bares e restaurantes ao longo de toda sua avenida beira-mar. A iluminação é outro ponto forte: o viajante pode sentir-se seguro por ali. Nem falamos dos esportes, ainda. O stand up paddle parece que veio para ficar e é um dos mais procurados. Os passeios com barcos à vela há anos figuram entre os de maior saída.

Esse intenso movimento traz, no entanto, uma preocupação: não são raros casos de filhos que se perdem dos pais. Se for viajar com os rebentos, já sabe: atenção plena na criança.

Ilha das Caieiras
História e cultura gastronômica se misturam na ilha das Caieiras, na periferia da cidade. É um dos passeios mais diferentes para quem busca o que fazer em Vitória. O local, um dos bairros mais antigos de Vitória, é conhecido pela pesca, gastronomia e pela cultura das desfiadeiras de siri, que começou no início do século passado, para consumo das famílias que ali se estabeleceram, e, ao longo dos anos, o serviço expandiu até virar fonte de renda, abastecendo boa parte dos restaurantes da capital.

DUBBI  adicionou foto de Vitória Foto 5

Ao visitar a ilha das Caieiras, o viajante pode conhecer de perto toda essa tradição, comer em um dos restaurantes que existem por ali, no píer à beira do rio, e os mais curiosos podem conversar pessoalmente com as desfiadeiras para ouvir as melhores histórias que só essas pessoas costumam contar.  

Algo parecido você encontra também em Goiabeiras, ao conhecer as paneleiras, mulheres que fazem as tradicionais panelas de barro.

Na natureza
Há muito o que fazer em Vitória em meio à natureza. O Projeto Tamar, na Enseada do Suá, é um ótimo exemplo. “Vale mais pelo visual do mirante que tem lá, pois infelizmente não há muitas tartarugas no local”, afirma a viajante Vivi Flores, de Vitória.

DUBBI  adicionou foto de Vitória Foto 6

A capital capixaba tem muitos parques gostosos, como o da Fonte Grande, com uma vista maravilhosa da cidade, o da Pedra da Cebola, bom para prática de atividades físicas, e o parque da Gruta da Onça, reformado recentemente e excelente para trilhas. Todos têm entrada gratuita.

Centro histórico
Há muito o que fazer em Vitória em seu centro histórico - a capital do Espírito Santo é uma das cidades mais antigas do Brasil, com 465 anos. A viajante Kianne Vieira, de Vila Velha, tem uma dica curiosa. “Vale a pena ler um pouco sobre os personagens importantes da história de Vitória, como Maria Ortiz. Assim, você verá com outros olhos os lugares históricos”, diz.

Entre os lugares que merecem a visita, Kianne cita: Catedral Metropolitana (recém-reformada), Palácio Anchieta (tem exposições gratuitas), Teatro Carlos Gomes e escadaria Maria Ortiz (desconhecido e muito interessante).

DUBBI  adicionou foto de Vitória Foto 7

Vida noturna
É novamente Kianne quem tem uma dica ótima do que fazer em Vitória à noite. “A vida noturna capixaba é bem melhor na Rua da Lama, onde existe a maior concentração de pessoas jovens e universitárias”, afirma. De fato, a rua é conhecida como “o espaço preferido dos capixabas”. Um dos bares mais antigos e frequentados é o Cochicho da Penha. É no meio da semana (ótimo para viajantes que vão além do final de semana) que ocorrem apresentações de jazz, mais precisamente às terças-feiras. Imperdível!

As mesas na calçada da Sfiheria, aberta em 2005, estão sempre lotadas de clientes. São mais de 15 sabores de esfihas abertas ideais para matar a fome depois de uma boa caminhada ou mergulho na praia. O Bar Abertura é a melhor opção para o viajante notívago, que quer aproveitar a vida noturna. Isso porque sua cozinha faz plantão até as 4h da madrugada. Sucesso!

Para a viajante Marina Zanchetta, outros três endereços possuem boas opções para o que fazer em Vitória à noite. São as ruas Gama Rosa e 7 e o “Triângulo das Bermudas”, na praia do Canto. Este último, porém, um pouco mais caro que os demais.

Vila Velha
É o principal bate-volta, afinal, são apenas 7 km de distância. A Fábrica de Chocolates Garoto lidera a lista do ponto mais conhecido. O alto do Convento Nossa Senhora da Penha e o Morro do Moreno entram na lista de atrações de Vila Velha.

DUBBI  adicionou foto de Vitória Foto 8

Tem mais dicas do que fazer em Vitória? Deixe nos comentários e inspire viajantes ;)

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

Renata Cardias

Renata Cardias comentou 3 anos atrás

Estou em Vitória e recomendo ir na Ilha do Boi e praia da Costa em Vila Velha. A noite recomendo os bares e os restaurantes do Triângulo das Bermudas em Vitória.

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para Vitória,

PLANEJAR MINHA VIAGEM

Recomendamos para você:

Viajantes também leram:

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para que pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.