O que fazer em Manaus (AM)


  Manaus  1918 visualizações

Manaus e a Floresta Amazônica estão aí para provar que o Brasil não é feito só de praias e montanhas. Muito visitada por estrangeiros, que amam conhecer a “exótica” floresta, nós, brasileiros, começamos a explorar cada vez mais essa região que é rica em dádivas naturais, como encontro de rios, mergulhos com botos, trilhas em matas, cachoeiras, além de muita cultura e gastronomia.

DUBBI  adicionou foto de Manaus Foto 1

Divulgação/Shutterstock

Está mais do que na hora de conhecer esse canto do Brasil, e o Dubbi conta o que fazer em Manaus.

Encontro das águas + Nadar com os botos + Comunidade indígena
Esse trio é imperdível para quem busca o que fazer em Manaus! Caso tenha só um dia na cidade, poderá voltar com a consciência tranquila. Você pode fazer separado, mas o viajante Dennis Carlotti, de São Paulo, recomenda o pacote completo. São três passeios, tão exclusivos entre si, e tão diferentes de tudo aquilo que a maior parte dos viajantes estão acostumados em sua rotina, que muitos classificam como “o melhor dia da vida”.

Vamos lá, começando pelo Encontro das Águas, o maior símbolo imaterial de Manaus. As águas, no caso, são do rio Negro (cor mais escura) e rio Solimões (cor mais clara). É inacreditável como elas não se misturam, criando uma verdadeira fronteira submersa. Se você der sorte no avião, já pode ver o encontro da janelinha. Mas recomendamos fortemente avistar mais de perto e admirar, apenas admirar. O mais comum são passeios de barco que levam até lá e depois seguem para os próximos dois itens da lista.

DUBBI  adicionou foto de Manaus Foto 2

O segundo, aliás, é talvez o mais inesquecível de todos. Estamos falando do mergulho com os botos cor de rosa. Os queridos animais aparecem por toda a bacia amazônica, mas a área de mergulho para a qual os pacotes te levam é no lago Acajatuba, onde existe uma plataforma de observação na qual se jogam comida (também conhecida como pequenos peixinhos rs) para eles enquanto fazem saltos acrobáticos. Depois, já com o colete salva-vidas no corpo (o rio Negro é absurdamente fundo), é hora de mergulhar e se aproximar dos botos. Volte para a superfície, quer dizer, se os botos não tiverem te seduzido, como reza a lenda local.  

DUBBI  adicionou foto de Manaus Foto 3

Divulgação/Shutterstock

Por último, conhecer a comunidade indígena de Janauari, no Parque Ecológico de Janauari, é encerrar com chave de ouro. No lugar, você será recepcionado com muita música e dança e outras demonstrações típicas da cultura indígena. Não só isso: os viajantes são convidados a dançarem juntos. Solte o gingado, as danças são super divertidas. A fauna e a flora também serão apresentadas aos turistas, além de breves explanações sobre a importância delas para a vida na aldeia. Depois, prove tudo o que eles oferecerem de sua culinária, é tudo muito saudável e gostoso. E, como até mesmo os índios dependem hoje em dia de uma graninha, no final eles irão apresentar artesanatos produzidos por eles que estão à venda. Vale dar uma ajudinha, não?

  DUBBI  adicionou foto de Manaus Foto 4

Divulgaçâo Shutterstock

A viajante Natalia Viturino, de Brasília, fez pela empresa Boto da Amazônia, e pagou R$ 180 por pessoa.

Outros passeios
Depois de completar o trio de ouro, ainda há muito o que fazer em Manaus. Segue uma pequena lista de lugares que o viajante deve incluir no roteiro, se possível: Museu do Índio, Museu do Seringal (em uma área verde, bem legal), Palácio Rio Negro, Teatro Amazonas (prédio icônico do auge da borracha, imperdível), praia de Ponta Negra, Mercado de Ferro, Estação das Docas, Basílica de Nazaré, Parque Zoobotânico.

DUBBI  adicionou foto de Manaus Foto 5

Divulgação/Shutterstock

A Sylvia Soares, de São Paulo, tem uma dica ótima para quem busca o que fazer em Manaus: o Amazon Bus, que sai da frente do Teatro Amazonas. Com ele, vários desses outros passeios citados são feitos de uma vez só.

Presidente Figueiredo
Há muito o que fazer em Manaus, mas sua vizinhança também é repleta de coisas legais. A 110 km de Manaus, temos a cidade de Presidente Figueiredo, simplesmente amada por todos os viajantes que a conhecem. Se Manaus tem natureza, mas também tem o caos da cidade grande com trânsito, prédios, movimento, em Presidente Figueiredo o visitante encontra um verdadeiro clima de interior bucólico.

“É natureza pura, existem cachoeiras lindas por lá”, afirma a viajante Michelle Lima, que, no entanto, se considera suspeita para falar “de sua terrinha”. Na estrada, que leva uma hora de carro ou quase duas de ônibus, existe uma enormidade de paradas boas para serem feitas, como o Café Regional da Priscila ou restaurante Tamba Grill. “São várias delícias regionais pelo caminho, como tapioca de tucuma e banana frita com queijo”, conta Dennis Carlotti, de São Paulo, que também recomenda conhecer Presidente Figueiredo.

DUBBI  adicionou foto de Manaus Foto 6

Calor
Em Manaus, lembrem-se das mães: cuidado com o sol. É uma cidade muito, muito quente, só quem já foi sabe como é a sensação. Quem ainda não foi, pode imaginar, mas não consegue sentir na pele. Por isso, a hidratação constante e evitar a exposição aos raios solares em horários de pico estão na lista de boas práticas.

Manaus é um paraíso de novidades gastronômicas
O que fazer em Manaus? Provar todas as delícias regionais que sua culinária reserva. São vários restaurantes nos quais se podem comer de tudo um pouco. Siga o tutorial que a viajante Mariana Alberti, de São Paulo, preparou.

1 - Mercado Municipal, para provar algumas castanhas e frutas da região. As castanhas são bem baratas. Procure por sua parte menos turística, onde os preços são mais baratos.

2 - Tambaqui de Banda, o restaurante na frente do Teatro de Manaus, em que todo mundo recomenda comer o tambaqui e o pirarucu, deliciosos peixes da região. Esse restaurante é bem famoso, portanto está sempre cheio, mas a comida é gostosa.

3 - Se você não for da região Norte e Nordeste, aproveite para tomar os refrigerantes de guaraná que têm por lá e são diferentes dos de outras regiões, como o Baré e o Regente.

4 - Para comprar de lembrança, a loja Bombons Finos da Amazônia vende chocolate com recheios de cupuaçu e tucumã, verdadeiras delícias.

Onde ficar
A recomendação da viajante Natalia Viturino, de Brasília é o hotel Wyndham Garden Manaus, com diárias a partir de R$ 163.

DUBBI  adicionou foto de Manaus Foto 7

Divulgação/Shutterstock

Tem mais dicas do que fazer em Manaus? Deixe nos comentários e inspire viajantes!

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

Eliane Souza

Eliane Souza comentou 3 anos atrás

Este post me fez recordar da experiência incrível que tive em Manaus!!

Rosana Oliveira

Rosana Oliveira comentou 3 anos atrás

Adorei o relato, estarei indo pra la em julho....e foram boas dicas....

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para Manaus,

PLANEJAR MINHA VIAGEM

Recomendamos para você:

Viajantes também leram:

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para que pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.