O que fazer em Itu (SP)


  Itu  4792 visualizações

A simpática cidade de Itu, a apenas 100 km de São Paulo, é mais conhecida como a “Cidade dos Exageros”, graças ao comediante ituano Simplício, que, em plena Rede Tupi, afirmou que a mandioca de Itu era enorme. A brincadeira pegou, e então Itu passou a ser associada à grandeza e “vende seu peixe” com isso. Inspirado por isso, o Ituano, time de futebol da cidade, é o único bicampeão paulista do interior.

DUBBI  adicionou foto de Itu Foto 1

Grande também é a variedade do que fazer em Itu. Quer saber? Então o Dubbi conta para você!

Fazendas
O que fazer em Itu? Visitar as fazendas da cidade. Elas são parte importante da história do município, pois várias delas participaram ativamente do ciclo do café no final do século XIX, tanto que a região de Itu era uma das maiores produtoras do estado de São Paulo. Desde o declínio da produção, nos anos 30, as fazendas mudaram sua configuração, e a urbanização passou a atrair pessoas para a cidade.

DUBBI  adicionou foto de Itu Foto 2

Divulgação/Shutterstock

Mas nem por isso as fazendas de Itu perderam sua importância. Elas souberam se modernizar e se adaptar para receber turistas, sendo uma ótima fonte de renda para si próprias e também para o município. Há muito o que fazer em Itu em suas fazendas.

A mais famosa de todas é a Fazenda Maeda (também conhecida como Parque Maeda), que ganhou notoriedade nos últimos anos por abrigar festivais como SWU e Tomorrowland. No entanto, há muito o que fazer em Itu no Parque Maeda além desses grandes eventos. O local reúne de tudo um pouco: estrutura para pesca, com aluguel de equipamentos, esportes radicais na natureza, como arvorismo e tirolesa, piscinas com toboágua, passeio a cavalo, de trenzinho, de teleférico, de helicóptero, e até corrida de kart.

DUBBI  adicionou foto de Itu Foto 3

Para quem quer acordar com o canto dos pássaros, existem pousadas com preço de R$ 420 para o casal em um final de semana. Em feriados e datas festivas (como o Ano Novo), o lugar ganha uma programação especial - e os preços sobem.

Já na Fazenda Santo Antonio da Bela Vista (acesso pelo km 28 da rodovia do Açúcar), o turismo rural tem no café seu atrativo. A dona da fazenda, a simpática engenheira agrônoma Bebel, é quem conduz o tour “Do Cafezal ao Cafezinho”, uma verdadeira aula sobre o café. Além de ouvir sobre a história do grão e a origem da fazenda, o turista é colocado em contato com todos os passos da produção, como colheita, abanação, secagem, lavagem, torra e moagem. Atenção: cuidado para não se sentir em Terra Nostra e sair falando em italiano, capiche? As visitas só ocorrem sob agendamento e em alguns finais de semana, portanto ligue antes para se informar no telefone (11) 3924-0335.

Outra dos tempos áureos da cafeicultura, a Fazenda Limoeiro da Concórdia tem em sua natureza um de seus grandes chamarizes. Em meio ao ar puro, destacam-se em suas paisagens um conjunto de inúmeras pedras, sendo a mais famosa delas a "pedra canhão". Mas, de longe, a principal atração é a música ao vivo no Armazém do Limoeiro. A viola e os elementos caipiras trazem o melhor da música raiz e repentista (cururu), sempre aos domingos, das 10h às 17h (aos sábados e feriados, a programação varia). A Fazenda Limoeiro também oferece espaços para piquenique, futebol, passeios e trilhas.

DUBBI  adicionou foto de Itu Foto 4

Por último, mas não menos importante, a Fazenda do Chocolate é uma das preferidas dos viajantes. Como o nome deixa claro, ela se dedica à fabricação de chocolates, que podem ser provados no passeio pelo local de produção. Mas a fazenda também tem uma história riquíssima. Os registros indicam que ela servia como ponto de apoio aos bandeirantes em suas viagens nos séculos XVII. Dá época, algumas construções coloniais, como a casa-sede e senzala, ainda estão de pé. Quem faz o tour é o simpático cumpade Timóteo, um ator-guia que explica os ambientes e suas histórias. E não vamos nos esquecer que o local também é uma fazenda, ou seja, oferece passeios a cavalo e a possibilidade de ver muitos bichos, como pavão, araras, marrecos, lhamas, coelhos e ovelhas.

DUBBI  adicionou foto de Itu Foto 5

Na cidade
Há muito mais o que fazer em Itu além das fazendas. Na parte urbana, a primeira parada obrigatória é a Praça dos Exageros, uma homenagem ao carinhoso apelido da cidade. No local, tudo é gigante: o interfone na entrada, o boneco do humorista Simplício, um jogo de xadrez, lápis, canetas, doces, entre outros.

DUBBI  adicionou foto de Itu Foto 6

O Museu Republicano é dica do viajante Fernando Ceron, de São Paulo. Além de possuir painéis de azulejos portugueses de rara beleza, o local faz parte da história do Brasil, pois foi lá que se iniciou o movimento Republicano no Brasil. Isso mesmo, em 1873, quando a monarquia já tinha vivido seu auge, o casarão que hoje abriga o museu sediou a Convenção de Itu, pontapé inicial do Partido Republicano Paulista, um dos grandes impulsionadores da Proclamação da República, em 1889.

DUBBI  adicionou foto de Itu Foto 7

Se você gosta de visitar igrejas e procura o que fazer em Itu, então temos a combinação perfeita! É que a cidade tem belas igrejas, todas com sua importância cultural e histórica. A Nossa Senhora da Candelária, a matriz, é a maior e mais bonita delas, mas a Igreja Bom Jesus e a Nossa Senhora do Patrocínio também valem uma parada, já que a cidade não é grande.

Voltando um pouco à natureza, porque ninguém é de ferro, o Parque do Varvito é a dica do viajante Dennis Carlotti, de São Paulo. “Muito contato com a natureza e um sossego incrível”, conta. O varvito é o nome usado pelos geólogos para classificar um tipo de rocha sedimentar, formada pela sucessão repetitiva de lâminas ou camadas, cada uma delas depositada durante o intervalo de um ano. E Itu era uma espécie de ninho de varvito, pois é o local com maior concentração dela na América do Sul. Por conta disso, o parque tem uma beleza única.

DUBBI  adicionou foto de Itu Foto 8

Onde comer
Almoce no restaurante Alemão, um clássico ituano, que faz parte de toda visita à cidade. Quando der aquela vontade de um doce, dê uma passada doceria Senzala, na praça principal, que não haverá arrependimentos - ou melhor, talvez um: o de não ser muito generoso caso esteja de dieta.

Tem mais dicas do que fazer em Itu? Deixe nos comentários e inspire viajantes!

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

Lou Mariano

Lou Mariano comentou 3 anos atrás

Moro tão perto e ainda não fui a Itu. Vou mudar isso rs.

Telma Caramelo

Telma Caramelo comentou 3 anos atrás

Nossa! Fui uma vez em Itu e fiquei só na praça...vou ter que voltar lá!

Eliane Souza

Eliane Souza comentou 3 anos atrás

Ah também vou ter que voltar depois deste post rs

Daniela

Daniela  comentou 3 anos atrás

Que lugar lindo

Renata Cardias

Renata Cardias comentou 3 anos atrás

No museu republicano, se possível é interessante agendar uma visita monitorada com o educativo do Museu. Muito interessante a abordagem.

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para Itu,

PLANEJAR MINHA VIAGEM

Recomendamos para você:

Viajantes também leram:

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para que pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Perguntas relacionadas

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.