Gabriela Hiert

 Transporte, Roteiro; Custos de viagem e Câmbio, Passeios e Pontos Turísticos, Hospedagem, Guias e Agênci   Uruguai, Argentina, Chile

dicas para mochilão em Uruguai, Argentina e Chile

Pretendo viajar para Uruguai, Argentina e Chile em outubro ou novembro, duração de 20 dias +- Não conheço sobre os lugares, alguma dica sobre passeios, pontos turísticos, hospedagem, alimentação, transporte, guia de viagem e o quanto deve custar a viagem toda??

Meu perfil de viagem: Aventureiro, Mochileiro, Festeiro, Natureza, Fotógrafo

Responda a dúvida de Gabriela

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

5 Respostas

Analuiza Carvalho (Espiando Pelo Mundo)

MELHOR RESPOSTA

Analuiza Carvalho (Espiando Pelo Mundo) Salvador

respondeu 3 anos atrás

oi Gabriela;

Sobre Buenos Aires :

Eu gosto do Bar 6 em Palermo Armenia 1676, entre as Calles El Salvador e Honduras; https://goo.gl/aQydat 

Para mim, a melhor carne de Bue está no Al Carbón STEAK HOUSE https://goo.gl/IGNPF5 

 Gosto do Las Cholas e do seu dulce de coyote con queso y nuez! https://goo.gl/pgivgG 

Para sorvete: Persicco tem em vários endereços e Kentucky para as maravilhosas empanadas argentinas. https://goo.gl/NSkj4q e https://goo.gl/aGAOFl 

O Niceto Club é super tradicional na cidade e sempre tem show. Uns amigos (da banda Modex) costumam tocar lá. 

Tem o El Ateneo Grand Splendid , a linda livraria. 

Gosto de passear por Palermo e visitar a lojas conceito, tomar vinho e ver o movimento.

Em tempo: eu não fui a show de tango. Preferi ver as apresentações de rua em San Telmo, pois não sou muito fã de Tango. Fui a um espetáculo no Colón que é magnifico. Se puder dê uma volta pelo delta do Tigre. Calle Florida é para quem tem estômago forte: pior que a 25 de Março em São Paulo.

Eu não gosto do bairro do boca onde está El Caminito, mas acho que você deve ir e tecer suas próprias opiniões. Ali está a Bombonera, estádio do Boca, aberto a visitação. Só tome cuidado para não visitar a região em dia de clássico.

Cuidado com batedores de carteira, dólar falso e só pegue taxi se não tiver opção. Há muitos relatos de taxista enrolando turista com nota falsa, com troco equivocado, corridas desnecessariamente longas. Use metrô e suas pernas. 

Sobre Santiago 

A única coisa que considero imperdível é visitar a incrivel La Chascona, antiga casa de Pablo Neruda. Ali perto tem o restaurante Como Água Para Chocolate que é bem turístico, mas tem comida ótima. Neste mesmo dia você pode subir o Cerro San Cristóbal de funicular. 

Quando estiver na região do Palacio de La Moneda, pode subir o Cerro Santa Lucía. 

Lastarría é um bairro com bares e restaurantes onde está o Bocanáriz. Se quiser uma gastronomia mais sofisticada e absolutamente maravilhosa sugiro o Astrid y Gastón. 

Eu gosto do Museu Histórico Nacional e do Museu Nacional de Belas Artes. Em compensação eu fujo do Mercado Central de Santiago e da Catedral. Eu adoro mercados, mas acho a abordagem no de Santiago agressiva e nem considero a comida tão boa. Já a Catedral, eu acho escura e opressiva. Mesmo assim, se você está na cidade, deve visitar e tirar suas próprias conclusões.

Fora da cidade tem Viña del Mar  vale dar um passeio pela orla, ver o relógio das flores e o Moai, um dos dois únicos originais retirados da Ilha de Páscoa. 

Já Valparaíso eu acho muito legal, mesmo no inverno, com suas casas nos cerros e os funiculares que nos levam para cima e para baixo. Imperdível é La Sebastiana a outra casa de Pablo Neruda. 

Tem diversas opções de vinícolas, mas eu visitei a mais tradicional e turística delas: a Concha y toro  e acho uma visita bacana porque tem estrutura e bons vinhos. É possível chegar lá de metrô ou ônibus, mas é uma longa viagem. 

Sobre Montevidéu :

Passear pelas Ramblas, almoçar no Mercado Municipal que tem opções maravilhosas e fazer uma visita guiada ao Teatro Solís: em minha opinião as três melhores atrações da pquena cidade. 

Acho que você tem tempo para visitar Colonia Del Sacramento que não tem grandes atrações a não ser a cidade velha com nítidas influências portuguesas e espanholas. Eu já fiz bate/volta e em outro momento pernoitei e acho que a cidade vale um pernoite, para um jantar agradável e sem pressa na cidade.

Nas três cidades come-se muito bem e a gastronomia cabe em muitos bolso: chivitos e frankfurters o Uruguai parrillada aí e tb na Argentina . As empanadas argentinas são as melhores (só perdem para as bogotanas), mas há boas empanadas no Chile ; no país de Allende vc encontrar gastronomia variada e come-se bem aqui tb. Na costa (viña del mar) se gostar de mariscos experimente as machas. 

Quanto a hospedagem na Argentina eu fico em casa de amigos, no Chile no Ibis (providencia ou estação, depende do que for fazer na cidade) e no Uruguai fiquei no seguinte hotel ( https://espiandopelomundo.blogspot.com.br/2011/07/o-esplendido-splendido-hotel-montevideo.html) .

No Espiando Pelo Mundo você encontra mais algumas informações como lugares para comer, por exemplo. 

Espero ter ajudado um pouco. 

Boa viagem

Ana

 

Lugares mencionados
Érica França - www.tempointegralblog.com

Érica França - www.tempointegralblog.com Jacareí, SP

respondeu 3 anos atrás

Oi, Gabriela. Eu fiz estas três viagens separadamente e não conheço muito além dos principais pontos turísticos, mas vou dividir minha experiência. 

Em Buenos Aires, fiquei hospedada no Ostinatto, em San Telmo. Faz algum tempo, mas tive uma ótima experiência, gostei muito do lugar e o bairro é ótimo, com restaurantes, bares, vida noturna animada. Tem a feirinha de antiguidades. E é super perto da Casa Rosada, da Catedral, dá para fazer muita coisa a pé. O metrô também está super perto. 

Ah, bem pertinho, da Calle Defensa, tem o melhor restaurante de Buenos Aires (entenda: para mochileiros, pesoas sem grana e que gostam daquela carne argentina autêntica): o El Desnível. Faz anos que fui, mas a carne é explêndida, o preço super convidativo e gostei muito do ambiente. 

Colônia do Sacramento, no Uruguai, eu visitei a partir de Buenos Aires. Se você estiver saindo da Argentina para o Uruguai, eu iria primeiro para Colônia. E de Colônia, seguiria a Montevidéu. Os dois trechos você faz de buquebus (um ônibus aquático).

Ao Chile, fui mais recentemente e tenho mais condições de te falar de preços. Achei a cidade cara. Comparo os preços de restaurantes aos preços em São Paulo. Para almoçar no Chile, você gasta o que gastaria na capital. Em um lugar simples, com prato feito, você gasta em torno de R$ 30 a R$ 40 por pessoa. Lugares simples. 

Em relação à hospedagem, fiquei bem próximo do palácio de La Moneda, uma região boa para fazer alguns passeios a pé e bem servida de transporte público. Preferi apartamento alugado, justamente pelo preço. E foi uma decisão acertada. 

Tenho alguns posts aqui destas viagens. Se tiver qualquer dúvida, é só avisar: 

Montevidéu
Buenos Aires
Santiago

Larissa Nardini

Larissa Nardini São Paulo

respondeu 3 anos atrás

Gabriela, fiz esse exato roteiro há alguns anos. Minha primeira parada foi Montevidéu , onde fiquei no Caballo Loco Hostel, gostei bastante, recomendo. Lá acho que 2 dias são suficientes. 

De lá fui de ônibus para Punta del Este, onde fiquei no Hostel del Puerto, também gostei bastante! Em Punta acho que dá para ficar 3 ou 4 dias se quiser aproveitar mais praia. Um dia vá para Punta Ballena na Casapueblo e outro não deixe de ir para José Ignácio, um outro balneário próximo com uma praia lindíssima.

De Punta fui para Colonia Del Sacramento , onde fiquei no El Viajero Hostel, não gostei tanto, mas quando tinha pesquisado parecia ser o melhor, talvez tenham mais opções hoje em dia. Como tinha lido que a cidade parecia Paraty e sou apaixonada por lá, reservei duas noites, mas foi desnecessário, acho que uma noite é suficiente. Muitas pessoas passam apenas o dia, mas acho válido passar 1 dia e meio, dois, porque em um você pode conhecer toda a parte histórica e museus, e no outro alugar uma bike e pedalar pela cidade até a praia pela orla, é um passeio bem legal e a praia é bem bonita.

De Colonia fui para Buenos Aires de buquebus, que é um barco, aconselho a comprar com atecedência, deixei para comprar na hora e quase fiquei sem. Em Buenos Aires só conheço hotéis, nunca fiquei em hostel, então não tenho nenhum para indicar, mas sempre ouvi falar do Millhouse. Como já tinha ido antes algumas vezes para lá, fiquei apenas dois dias, mas recomendo ficar uns 4 dias!

De Buenos Aires fui para Córdova de avião, mas talvez seja melhor pular e focar nas cidades mais famosas. Caso queira ir, fiquei no Rivera Cordoba Hostel, simplesmente maravilhoso! É a segunda maior cidade da Argentina e gostei bastante, de lá dá para fazer um bate-volta em Alta Gracia, cidade onde o Che Guevara morou na infância e adolescência, inclusive transformaram a casa em um museu, eu acabei não entrando pois achei o preço abusivo para estrangeiros e tudo lá dentro era réplica, mas a cidade é uma graça e vale muito o passeio, acho que 3 dias em Córdoba são suficientes.

De Córdoba fui também de avião para Mendoza , que é uma das minhas cidades preferidas da vida, inclusive acabei estendendo minha estadia por lá. Fiquei no Chill Inn Hostel, super recomendo também! Fui esse ano de novo e fiquei em um hotelzinho simples mas bom e com preço ok, o Abril Hotel Boutique. Sou suspeita para opinar sobre quanto tempo ficar, mas se você não é nenhuma enófila, acho que 4 dias são suficientes. Como eu gosto muito de vinho, acabei fechando guia particular (lá são chamados remis) para poder fazer as vinícolas de meu interesse, e sinceramente acho essa a melhor forma de se fazer esses passeios, mas se você vai sozinha, pode fechar tours com agências, daí as vinícolas já são pre-estabelecidas e vai um grupo bem grande. Uma ideia é conseguir mais gente no hostel com você para dividir o remis, dá pra ir até 4 pesssoas e o valor varia entre U$150 e U$180 dependendo da região a ser visitada. Esse valor é o total pelo carro, ou seja, divide-se entre os passageiros. Se quiser, tenho dois ótimos contatos para passar.

De Mendoza fui de ônibus para Santiago , uma das viagens mais lindas que já fiz, vale muito a pena, cruzar os Andes é incrível. Em Santiago também não tenho hostel para sugerir, dessa vez fiquei na casa de uma amiga e antes disso tinha ficado em um hotel mais caro...como também já conhecia bem a cidade e tinha estendido a estadia em Mendoza, acabei ficando só 2 dias lá, mas eu sugeriria 5 ou 4 se tiver apertada de tempo.

De Santiago fui de avião para o Atacama , acho que talvez o lugar mais incrível que já conheci. Deixei para achar hostel quando chegasse lá e a cidade estava lotada, acabei ficando em um mequetrefe que era o único que tinha, mas era super barato. Não lembro o nome, mas também não recomendaria. Lá acho que você pode ficar 4 dias.

Quanto a gastos, eu saí do Brasil com todas as passagens aéreas compradas e levei U$2.400 para todo o resto (hospedagem, alimentação, passagens não aéreas, etc). Fora isso, no Uruguai passei tudo o que era restaurante no cartão, porque lá estrangeiro recebe de volta, se não me engano, 18% do valor, devido a um imposto que não temos que pagar e é cobrado na conta. Não sei te dizer quanto foi esse valor, mas foi uma boa graninha a mais. 

Eu não sou a melhor pessoa para passar gastos, eu costumo gastar bastante com comida e bebida e nessa viagem ainda voltei com 11 garrafas de vinho, e vinhos caros, então com certeza você consegue fazer essa mesma viagem gastando menos. Tenha em conta também que a Argentina no último ano ficou muito mais cara, então cuidado com valores que te passarem que sejam até o ano passado, eles aumentaram bastante.

Lugares mencionados
Nathalia Gois

Nathalia Gois São Paulo

respondeu 3 anos atrás

Passaporte com Pimenta - Maytê

Passaporte com Pimenta - Maytê  Lleida

respondeu 3 anos atrás

Olá Gabriela, 

Não sei se já planejou os dias mas a minha dica é o seguinte:

Chegar por Montevidéu acho que 2 dias são suficientes e acho que pode acrescentar mais um dia para pegar um passeio até Punta del Este que é possível encontrar passeios saindo de montevidéu em um bate-volta da cidade. 

Pegue um ônibus até Colonia Del Sacramento um dia para conhecer essa pequena cidade é o suficiente, ela é muito charmosa e vale a pena e uma vez ali, você já está quase em Buenos Aires que acredito que dedicar 3 dias para essa cidade seja o ideal. 

Em seguida, ou você pode pegar um vôo para Mendoza e depois atravessar para o Chile ou pode seguir direto para Santiago a cidade de Santiago pede também uns 3 dias para conhecer com calma, porem perto da cidade de Santiago tem diversas coisas para fazer, se quiser conferir aqui eu tenho um post sobre 5 coisas para conhecer fora de Santiago e aqui eu tenho Roteiro para conhecer Santiago caminhando.

Ai dependendo do que você escolher, você ainda tem um par de dias sobrando, não sei também qual é a sua ideia de gasto mais um vez no chile, pode aproveitar o Atacama , porem ir pra lá e ficar lá é um pouco mais caro. Se quiser tenho um post que da uma noção de valores Atacama em 5 dias e  Dicas para o Deserto do Atacama.

Outra sugestão ainda no Chile é descer de Santiago até Puerto Varas eu fiz o passeio ao contrário e de carro, mas enquanto pesquisava essa rota vi várias pessoas falando sobre ônibus que saiam direto de Santiago, mas se quiser saber um pouco mais da rota aqui está o meu ralato Road Trip pelo sul do Chile

Eu conheço mais o Chile do que Uruguai e Argentina, por isso as maiores dicas são de lá, o Chile é incrível e eu amei o país.

Lugares mencionados

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para Uruguai, Argentina, Chile,

PLANEJAR MINHA VIAGEM

Responda a dúvida de Gabriela

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

Recomendamos para você:

Perguntas que os viajantes também leram...

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.