Você está pronto? 5 questões para responder antes de largar tudo


  Austrália, Nova Zelândia  2402 visualizações

Jornalista Itinerante - Thaís Sabino adicionou foto de Austrália,Nova Zelândia Foto 1

Sabe aquele ditado sobre a "grama do vizinho"? Pode ser batido, antigo, mas se aplica a muitas coisas, entre elas, à ideia de morar fora. Quando as coisas não andam bem, ver a foto daquele amigo um lugar maravilhoso ou ouvir comentários sobre como viver em outro país proporciona qualidade de vida é a faísca inicial para achar que a solução de todos os problemas é deixar o território nacional. Mas a realidade não é bem essa. Mais segurança, menos desigualdade social, e infraestrutura decente estão na lista de ganhos, sim, porém os problemas existem e é preciso saber se você está preparado para eles.

Começar do zero
Você levou anos construindo sua carreira, mostrou ao mercado o profissional que é e formou a sua rede de contatos no Brasil, certo? A não ser que a sua rede ultrapasse as fronteiras internacionais, todo aquele trabalho árduo - cheio de luta e portadas na cara - pode estar te esperando na vida nova caso você deseje continuar sua carreira de onde parou. Você está pronto para começar do zero? É preciso entender que o seu nome no mercado do novo país que escolheu para viver provavelmente não terá peso, você não terá uma rede de contatos e vai ter que ralar para mostrar que é bom no que faz.

O julgamento
Você precisa ter certeza do motivo que está te levando a largar tudo e de que ele é forte suficiente para tomar essa decisão. Escolhas erradas todos fazem,  mas o importante é saber que mesmo equivocada foi por um motivo "certo".  Explico: ao mesmo tempo que pessoas do seu círculo vão aplaudir sua coragem e decisão, outras te julgarão. Te dirão que é irresponsável, não dá valor para o que construiu, que não tem sentimentos pelo amigos e familiares, ou que está virando as costas para todos que te amam. O problema é que quando as coisas ficarem difíceis na sua nova vida - e elas vão ficar - você vai começar a se auto julgar. E se o motivo não estiver "certo" o suficiente para você, esses questionamentos serão pior que tortura.

Você não está lá
Aniversários, reuniões em família, confraternizações entre amigos, e até falecimentos: você não estará lá. As pessoas seguem a vida, assim como você segue a sua, as fotos em que você costumava aparecer continuam a ser tiradas, mesmo sem você, os encontros engraçados entre seus melhores amigos também não deixam de acontecer, mas você não estará lá. Não significa que você será excluído da árvore genealógica da família ou não será citado nos brindes do casamento do seu melhor amigo, mas é preciso aceitar a realidade de que ninguém vai esperar que você apareça atrasado no happy hour ou vá naquele almoço de domingo em família. Sua presença é apreciada, sim, mas não é mais esperada.

A saudade não diminui
O primeiro mês é difícil, o segundo é uma barra, no quinto você pensa que não vai aguentar, depois de um ano você entende que não pode vencer a saudade das pessoas que você ama, e o que resta é lidar com ela. Mas a saudade vai estar sempre lá e é um sentimento de falta para lidar diariamente. Você pode não sentir saudades do Brasil em si, mas o desejo de estar perto de familiares e de passar uma tarde com os amigos como nos velhos tempos vai estar sempre arranhando o seu coração.

As pessoas vão embora
Uma vez perguntei a uma amiga o motivo para ela não ter tantos amigos brasileiros e outros estrangeiros, e o que a levava a preferir se relacionar com os locais. Ela me disse: as pessoas vão embora. Para mim, fazer amizade com brasileiros parece que me leva um pouco de volta, dá um sentimento bom. No entanto, a verdade é que muitos estão apenas viajando ou fazendo intercâmbio e chega a hora de que eles voltam à vida que deixaram no Brasil. Você fica. Morar é uma rotina de despedidas. Você está pronto?

SE QUISER SABER MAIS SOBRE A MINHA HISTÓRIA, ACESSE O BLOG: www.jornalistaitinerante.com 

Jornalista Itinerante - Thaís Sabino adicionou foto de Austrália,Nova Zelândia Foto 2

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

Caco Bernardes

Caco Bernardes comentou 3 anos atrás

Concordo com o que você disse. Temos que colocar algumas coisas em questão para saber se realmente queremos largar tudo :)

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para Austrália, Nova Zelândia,

PLANEJAR MINHA VIAGEM

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para que pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.