Saiba como solicitar visto para Argélia, país rico em história


  Argélia  18906 visualizações

Tem países que não estão no roteiro de viagens na maioria das pessoas, mas isto não quer dizer que estas nações não tenham atrações para o público. Este exemplo se encaixa perfeitamente para a Argélia, um país pouco conhecido pelos brasileiros, mas que reserva ótimas opções de lazer para o turista.

Situado no norte da Africa, Argelia é um país com predominância muçulmana e uma das nações mais desenvolvidas do continente. Para conhecer este país recheado de história, o ponto de partida é a capital Argel, que guarda uma mistura das antigas civilizações de fenícios e romanos, os quais você pode observar no Alcazaba, o centro histórico do local.

É na maior cidade do país que você também irá encontrar a Casbaé de Argel, um tipo único de cidade islâmica que contém as ruínas antigas das mesquitas e palácios do estilo otomano. Esse monumento histórico foi inscrita pela UNESCO, em 1992, na lista dos locais considerados Patrimônio da Humanidade.

Além de Argel, o país também tem outras cidades históricas, como Constantina, onde o turista poderá visitar Museu Gustave Mercier, Monumento aos mortos, entre pontos turísticos.

Henrique Rodrigues adicionou foto de Argélia Foto 1

Entretanto, para visitar o país, o turista precisará do visto para Argélia.

Para solicitar o visto, o turista brasileiro precisa portar o passaporte com validade mínima de seis meses; formulário preenchido e assinado (disponível aqui: http://emb-argelia.pt/wp-content/uploads/2015/04/pdf_form_visto.pdf); duas fotos tamanho 3x4 coloridas, recentes, iguais e com fundo branco; bilhete aéreo ou reserva aérea constando todo o trecho de ida e volta; voucher de hotel ou garantia de acomodação; comprovante de residência; carta convite da empresa na Argélia; carta de apresentação da empresa no Brasil, em papel timbrado; e Certificado Internacional de vacinação contra febre amarela, que deve ser tomada no mínimo 10 dias antes da viagem  (confira abaixo como tomar a vacina).

Para quem precisa ir ao país para trabalho, o visto para Argélia exige passaporte válido por no mínimo 6 meses; contrato de trabalho e autorização provisória de trabalho ou carteira de trabalho, liberada pelos serviços competentes encarregados do emprego (Wilaya); atestado carambado pelos mesmos serviços por meio do qual o órgão empregador se compromete a assegurar o retorno do trabalhador estrangeiro quando há ruptura do contrato de trabalho; uma foto 3x4; bilhete de viagem de ida e volta; e preechimento do formulário (disponível aqui:  http://emb-argelia.pt/wp-content/uploads/2015/04/pdf_form_visto.pdf); e Certificado Internacional de vacinação contra febre amarela, que deve ser tomada no mínimo 10 dias antes da viagem  (confira abaixo como tomar a vacina).

Após a entrega dos documentos acima, é necessário em média 10 dias úteis para a Embaixada disponibilizar seu visto, se não houver novas exigências. Portanto, é fundamental que o solicitante inicie o processo, no mínimo, com 30 dias que antecede a viagem.

Além dos documentos, será cobra uma de taxa consular de R$200,00. É importante ressaltar que a Embaixada se reserva no direito de alterar documentação, valores e prazo sem aviso prévio.

O solicitante não precisa ir até Brasília para levas os documentos. Basta ligar na embaixada (telefones logo abaixo) e enviar os documentos via correios.O visto para Argélia tem validade de 30 dias para utilização e no máximo 90 dias de permanência, que poderá varias conforme determinação da Embaixada.

Certificado de vacinação contra a febre amarela

Para conseguir o certificado de vacinação contra a febre amarela, é necessário ir a um posto de vacinação municipal ou estadual, portando a carteira de identidade, isso grátis, sem hora marcada. No final da vacina, você receberá um certificado que comprova a vacinação. 

Feita a vacinação, guarde o certificado pois você vai precisar dele para a emissão, posteriormente, do Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP), emitido gratuitamente junto à Anvisa.

Para tirar o documento, é necessário comparecer a um dos centros de atendimento espalhados pelas capitais brasileiras. Veja aqui:http://www.anvisa.gov.br/hotsite/viajante/centros.pdf. Leve o certificado de vacinação que recebeu no posto de saúde e seu RG. Feito isso, o CIVP fica pronto na hora.

Embaixada da Argélia no Brasil:

Horário de Funcionamento

De segunda-feira à sexta-feira, exceto feriados argelinos e brasileiros.

Chancelaria

08h00 às 16h00

Serviço consular

09h00 às 16h00

Telefones

(+55) 61 3248-4039/1949
(+55) 61 3248-4691

Endereço

SHIS - QI 9, Conjunto 13, Casa 1 Lago Sul Brasília DF

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

Maria Regina Rodrigues

Maria Regina Rodrigues comentou 3 anos atrás

Ótimo post Henrique, para o pessoal que tem curiosidade sobre a África, foi bem esclarecedor, e em outros países africanos que exigem visto de entrada, o procedimento é o mesmo pratcamente para todos. O bom é que a vacina conta febre amarela tem validade por 10 anos, então é possivel usar o certificado válido por muitos anos. Amei mesmo seu post, realmente existem países fora dos roteiros, mas de uma riqueza cultural imensa, e não só cultura, lazer também.

Kalynara Kaly

Kalynara Kaly comentou 1 ano atrás

Seu post me ajudou muito por saber que não precisava ir a Brasília e que a Embaixada pode nos enviar de volta a documentação tralnquilamente. Obrigada

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para Argélia,

PLANEJAR MINHA VIAGEM

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para que pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.