O barato de Bariloche


  Bariloche  3445 visualizações

Ro  Ludwig adicionou foto de Bariloche Foto 1

Após três meses de mochilão pela América do Sul e quase 7 mil quilômetros percorridos, eu precisava  parar por um tempo, e Bariloche na Argentina foi o lugar escolhido. Por estar mochilando e a grana ser curta, acabei vivendo experiências incríveis, gastando quase nada nos 4 meses que passei lá. Bariloche, a queridinha dos Brasileiros, é muito mais do que apenas neve e possui inúmeros pontos turísticos gratuitos que valem muito conhecer.

Primeiro vou falar do lugar mais fantástico que conheci por lá, o Refúgio Frey. Ele é acessado por meio de um trekking que contorna um cerro, subindo até o topo. São mais ou menos 12 quilômetros com vistas incríveis. O percurso de ida leva de 2 a 4 horas, dependendo das condições climáticas e preparo físico de cada um, e a descida pode ser feita de 1:30 a 3 horas. Acessei o refúgio três vezes enquanto estive lá, uma no outono, uma no início do inverno e a outra na metade do período de inverno. Pude ver o lugar transformado pela neve.

Ro  Ludwig adicionou foto de Bariloche Foto 2  Ro  Ludwig adicionou foto de Bariloche Foto 3  Ro  Ludwig adicionou foto de Bariloche Foto 4   

Ro  Ludwig adicionou foto de Bariloche Foto 5  Ro  Ludwig adicionou foto de Bariloche Foto 6  Ro  Ludwig adicionou foto de Bariloche Foto 7                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                     

Você pode conhecer esse lugar  gastando apenas 40 pesos (10 reais), valor do ônibus que leva até o início do trekking (ida e volta), Linha Catedral 55. O ônibus para no estacionamento do Cerro Catedral e ao fundo tem uma placa de madeira indicando o local de início do sendeiro. Você pode subir e baixar em um dia se não tiver muita neve. O sendeiro é bem marcado pelo chão e pelas placas metálicas nas arvores, o lugar é fantástico. Pra quem quiser passar a noite lá, tem a opção gratuita, que é acampar (foi o que eu fiz) e também tem a opção de passar a noite dentro do refúgio, que quando fui custava 250 pesos, tem um limite diário de ocupação e você deve levar o seu saco de dormir. No inverno é possível patinar na lagoa que congela e a equipe do refúgio empresta patins lá em cima, mas você é obrigado a levar um capacete para ter o direito de patinar. Leve também algo pra comer pois como o lugar é acessado somente a pé a comida vendida lá em cima é mais cara.

Ro  Ludwig adicionou foto de Bariloche Foto 8  Ro  Ludwig adicionou foto de Bariloche Foto 9 Ro  Ludwig adicionou foto de Bariloche Foto 10

O Cerro Campanário, pode ser acessado por ônibus pela linha 20 e 22. Chegando lá você tem a opção de subir de teleférico pagando 180 pesos ou tem a opção de subir caminhando. Existem várias ramificações do sendeiro, mas todos levam ao mesmo lugar, o topo do cerro ha uma distancia de apenas 1 quilometro. A subida é  fácil, e pode ser acessado de 30 min a 1 hora de caminhada. Lá de cima a vista é linda e vale muito.

Ro  Ludwig adicionou foto de Bariloche Foto 11  Ro  Ludwig adicionou foto de Bariloche Foto 12

O parque municipal Llao- Llao, também conhecido como Circuito chico é mais um lugar incrível. O sendeiro é fácil, com poucas elevações e possui entre 10 e 12 quilometros no total, mas se você quiser pode fazer apenas uma parte dele, pois tem conexões com a estrada. Alguns pontos dele também podem ser acessados de carro. Para este trekking você deve tomar o ônibus numero 20 (40 pesos ida e volta) e descer no ponto do hotel Llao-Llao. Seguindo a estrada principal por pouco mais de um quilometro você encontra um posto de guarda parques, que disponibiliza um mapa com as rotas, acessos e quilometragem de cada parte do percurso. 

Ro  Ludwig adicionou foto de Bariloche Foto 13  Ro  Ludwig adicionou foto de Bariloche Foto 14  Ro  Ludwig adicionou foto de Bariloche Foto 15

Ro  Ludwig adicionou foto de Bariloche Foto 16  Ro  Ludwig adicionou foto de Bariloche Foto 17  

A colônia Suiza é outro lugar que vale conhecer. É um vilarejo com casinhas de madeira, do tipo que parece cenário de filme. Para chegar lá você deve tomar a linha 20 e depois a linha 10. Na quarta e no domingo tem uma feira gastronômica e de artesanato, onde se pode comer entre outras coisas o Curanto, um prato típico.  O vilarejo é cercado por um lago que pode ser acessado por uma caminhada curta em direção ao lado direito da feira. Caminhe até o final da rua, e a esquerda, logo verá uma entrada para acessar o lago.

Ro  Ludwig adicionou foto de Bariloche Foto 18   Ro  Ludwig adicionou foto de Bariloche Foto 19   Ro  Ludwig adicionou foto de Bariloche Foto 20

Ro  Ludwig adicionou foto de Bariloche Foto 21   Ro  Ludwig adicionou foto de Bariloche Foto 22

Villa La Angostura e El Bolson também valem uma visita, e tem saídas diárias de ônibus partindo desde o terminal de  Bariloche a 140 e 190 pesos (ida e volta). O caminho até as duas cidades vale tanto quanto o destino, é lindo demais.

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

RUTECN

RUTECN  comentou 3 anos atrás

Que ótimas dicas! E... que lugares lindos! Adorei!

Ro  Ludwig

Ro Ludwig comentou 3 anos atrás

Obrigada Rute

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para Bariloche,

PLANEJAR MINHA VIAGEM

Recomendamos para você:

Viajantes também leram:

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para que pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.