Assim nasceu uma viajante


  Santa Catarina, Paraná, Foz do Iguaçu, Curitiba

Morávamos em @Foz do Iguaçu (PR). Minha mãe natural de @Curitiba (PR) e meu pai de Foz. Qualquer motivo era um excelente motivo para viajarmos entre estas duas cidades. Enchíamos nosso carro de tralhas saímos normalmente antes do sol nascer para percorrer os 630 quilômetros que ligam estas duas cidades.

Tenho as mais doces lembranças dessas viagens. Lembro-me do meu pai de boné, da fita K7 da Clara Nunes tocando Morena D’angola, das paisagens que passavam pela janela feito um filme, da competição de qual seria a próxima cidade e de como ríamos com os nomes bizarros de cada uma delas. Da expectativa pela salada de fruta do Castelinho, pelo pastel do Pepinão, pelo milho cozinho no meio do caminho, pela caça à Tia Lígia no topo dos pinheiros na entrada de Curitiba. Sem contar das inúmeras brigas entre eu e meus irmãos (Danielly e André) para ver quem sentava na janela – eu, a caçula, sempre me dava mal. Meu pai sabia quantas curvas havia entre Foz do Iguaçu a Curitiba, de onde ficavam exatamente cada um dos lugares que gostávamos de parar, de quanto tempo faltava até a próxima parada e eu me orgulhava em contar isso aos meus amigos.

Desbravamos grande parte do litoral do sul do país. @Pontal do Paraná, @Matinhos, @Caiobá, @Guaratuba, @Itapoá, @São Francisco do Sul, @Barra do Sul, @Barra Velha, @Balneário Camboriú, @Bombas, @Bombinhas, @Florianópolis e @Laguna. Sem esquecer de @Blumenau, @Joinville, @Brusque e várias outras cidades que por algum motivo meu pai resolvia parar para conhecer. Tudo isso em plena década de oitenta, onde os carros não eram tão seguros, onde as crianças viajam soltas pelo carro, onde as estradas não eram tão conservadas, onde não havia a internet para pesquisar destinos, clima, hotéis ou rotas. Viagens eram na base do improviso. Chegar a tempo de achar uma casa para alugar, torcer para ter um restaurante limpo para comer, rezar para que o tempo ajudasse, e se não ajudasse ter um plano B para distrair a criançada até que São Pedro colaborasse. Risco, sorte e proteção Divina resumiam essas viagens.

E foi assim, que nasceu em mim o espírito viajante. Mantenho ainda vivo dentro de mim a essência das minhas viagens em família. Agrada-me sair por ai sem destino, usar caminhos diferentes a cada dia, perambular sem propósito pelas cidades que eu visito. Contudo, com o passar dos anos, fui aprimorando meu jeito de "pegar a estrada", seja por causa da tecnologia, seja pela necessidade de melhorar o emprego os recursos tempo e dinheiro, seja pela arrumação cada vez mais concisa das bagagens, ou ainda pelo próprio hábito de querer sempre melhorar.

*nossa última viagens todos os cinco juntos ocorreu em 1994 pelo litoral nordestino mas está viagem fica para um próximo post.

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

Dennis Carlotti

Dennis Carlotti comentou 3 anos atrás

Belo texto Jeannie =)

RUTECN

RUTECN  comentou 3 anos atrás

Oh, Jeannie, visualizei cada detalhe da sua bela descrição, principalmente a briga da criançada no carro. Meus filhos faziam a mesma coisa, rss. E recordar isso é voltar a viver aqueles bons momentos. Beijos

Fernando Ceron

Fernando Ceron comentou 3 anos atrás

Parabens Jeannie. Otimas recordações e inspiradora.

Daniela

Daniela  comentou 3 anos atrás

Emocionante ... :)

Danillo Gabriel

Danillo Gabriel comentou 3 anos atrás

Parabéns. Belo relato. Gostei muito bjs

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para Santa Catarina, Paraná, Foz do Iguaçu, Curitiba,

PLANEJAR MINHA VIAGEM

Recomendamos para você:

Viajantes também leram:

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para que pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.